Busca avançada
Ano de início
Entree

Identificação de proteínas nucleares ligantes de FAK em miocitos cardíacos

Processo: 09/17598-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2010
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2014
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Biologia Molecular
Pesquisador responsável:Kleber Gomes Franchini
Beneficiário:Isabelle Bezerra Cordeiro
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Médicas (FCM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:06/54878-3 - Patogênese da hipertrofia e insuficiência cardíacas: mecanismos ativados por estimulo mecânico, AP.TEM
Assunto(s):Estresse mecânico   Proteínas nucleares

Resumo

Dentre os vários fatores relacionados às alterações fenotípicas do miocárdio e das câmaras cardíacas nas doenças que acometem o coração, citam-se os estímulos mecânicos. Somado a esse fator, sabe-se que a persistência de tensão aumentada na parede das câmaras cardíacas representa um dos principais fatores contribuintes para a deterioração funcional progressiva, o que caracteriza a insuficiência cardíaca. No entanto, os mecanismos pelos quais forças mecânicas externas são transformadas em sinais bioquímicos intracelulares e levam à mudança na programação transcricional são ainda pouco conhecidos.O vigente projeto de pesquisa tem o propósito de esclarecer os mecanismos pelos quais os miócitos cardíacos percebem estímulos mecânicos, bem como, elucidar como os sinais mecânicos transformados em sinais bioquímicos são transmitidos ao núcleo e regulam o processo de transcrição gênica. Neste sentido, os estudos são dedicados ao entendimento da ativação e mecanismos de sinalização da quinase de adesão focal (FAK). Esta proteína é precocemente ativada e desempenha função crítica na coordenação da expressão do programa gênico hipertrófico em miócitos cardíacos submetidos a estímulos mecânicos. Mais recentemente, a importância da FAK para as alterações fenotípicas do ventrículo esquerdo desencadeadas por sobrecarga pressórica foi demonstrada em modelo de camundongo com deleção condicional para FAK em miócitos cardíacos. Já que as funções da FAK no núcleo devem ser dependentes de interações com outras proteínas, a identificação das proteínas nucleares que interagem com a FAK em miócitos cardíacos submetidos a estiramento deverá fornecer base para o entendimento das funções desta proteína no núcleo e as principais vias de sinalização por ela ativadas. Portanto, este trabalho visa identificar proteínas que interajam com a proteína FAK, principalmente no compartimento nuclear da célula de cardiomiócitos em condições de estresse mecânico.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)