Busca avançada
Ano de início
Entree

Música, literatura, pintura e cinema: a relação entre as artes nas leituras, no pensamento crítico e na produção literária de Mário de Andrade.

Processo: 09/17775-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2010
Vigência (Término): 31 de outubro de 2011
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Letras - Literatura Brasileira
Pesquisador responsável:Marcos Antonio de Moraes
Beneficiário:Paulo José da Silva Cunha
Instituição-sede: Instituto de Estudos Brasileiros (IEB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:06/54705-1 - Estudo do processo de criação de Mário de Andrade nos manuscritos de seu arquivo, em sua correspondência, em sua marginália e em suas leituras, AP.TEM
Assunto(s):Crítica genética   Mário de Andrade

Resumo

Partindo da constatação de que a relação entre as artes se faz presente na reflexão crítica de Mário de Andrade, desde os anos de 1920,objetiva-se empreender uma investigação de possíveis matrizes das opiniões do escritor a respeito do assunto, recenseando, em sua biblioteca, livros, artigos e ensaios que focalizam a questão. Pretende-se cotejar, a essa parcela do corpus, formada pelas leituras eempreendidas por Mário de Andrade, a sua produção jornalística e ensaística, em busca de aproximações entre textos lidos (alguns com notas à margem e trechos destacados) e opiniões externadas. Em se tratando da realização literária de Mário de Andrade, serão considerados os momentos nos quais poesia e prosa do autor incorporaram recuros de outras artes, como, por exemplo, os versos harmônico e melódico, no livro Paulicéia desvairada, que absorveram a terminologia musical.O interesse de Mário de Andrade por questões de intersemiose evidencia-se, também, nos títulos de fichas de estudo elaboradas por ele, tais como "Música e cinema", "Música e poesia" e "Música e pintura". Nesses documentos, o escritor designou leituras presentes em sua biblioteca, dentre livros, ensaios e artigos, que tematizam o recorte proposto por esse projeto de doutorado. Ressalto que este trabalho de localização de prováveis matrizes vem sendo desenvolvido no Instituto de Estudos Brasileiros, desde a minha pesquisa de mestrado "No écran das folhas brancas o cinema nas leituras, produção jornalística e criação literária de Mário de Andrade", oreintada pelo Prof. Dr. Marcos Antonio de Moraes, e subvencionada pela FAPESP, que priorizou, na biblioteca do escritor, os textos sobre cinema, e em sua produção crítica, as resenhas sobre filmes. Esta pesquisa de doutorado configura-se uma continuidade deste trabalho de mestrado, considerando que prossegue com a investigação na biblioteca de Mário de Andrade, aprofundando a questão da intersemiose, percebida durante a pesquisa anteriror, nas múltiplas relações estabelecidas pelo autor entre cinema e música, e cinema e pintura. Além do inventário dessas leituras levadas a cabo pelo poeta de Remate de Males, complementam o corpus da pesquisa documentos de processo, tais como as já mencionadas fichas de leituras, além de exemplares de trabalho com notas, rascunhos e versões autógrafas e datiloscritas, tendo como intuito capturar etapas do processo de criação do escritor modernista.