Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação in vitro da efetividade de soluções irrigadoras e medicações intracanais sobre microrganismos e endotoxina em canais radiculares.

Processo: 09/17707-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de abril de 2010
Vigência (Término): 31 de março de 2012
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Endodontia
Pesquisador responsável:Brenda Paula Figueiredo de Almeida Gomes
Beneficiário:Ana Carolina Mascarenhas Oliveira
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Piracicaba (FOP). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Microscopia confocal   Endotoxinas   Medicação intracanal   Reação em cadeia por polimerase (PCR)   Micro-organismos

Resumo

O objetivo deste estudo é avaliar in vitro a efetividade de diferentes soluções irrigadoras e medicações intracanais sobre microrganismos e endotoxina em canais radiculares. Dentes humanos extraídos unirradiculares (n=580), padronizados em 15 mm, serão inoculados com E. faecalis, E. coli, C. albicans durante 28 dias. Os espécimes serão divididos aleatoriamente em grupos de acordo com a solução irrigadora utilizada durante o preparo químico-mecânico (PQM) com e sem o uso de EDTA 17%, respectivamente: G1: hipoclorito de sódio (NaOCl) 5,25% (n=126/19), G2: clorexidina gel 2% (CHX) (n=126/19), G3: NaOCl 5,25% e irrigação com CHX líquida 2% (n=126/19) e G4: solução fisiológica (controle) (n=126/19). Em seguida, os dentes não irrigados com EDTA 17% (n=40) serão utilizados para análise microbiológica por cultura seletiva- identificação fenotípica/molecular (16 r DNA) e de endotoxinas pelo teste LAL. Os dentes irrigados com EDTA 17% serão divididos em subgrupos de acordo com a medicação intracanal utilizada para análise microbiológica por cultura seletiva- identificação fenotípica/molecular (16 r DNA) e de endotoxinas pelo teste LAL (n=360): CHX gel 2% (n=90), hidróxido de cálcio (HC) associado à CHX gel 2% (n=90), HC associado ao soro fisiológico (9:1) (n=90) e solução fisiológica (controle positivo) (n=90). Diferentes coletas serão realizadas em diferentes momentos da fase de PQM e do uso de medicação intracanal- 7, 14 e 30 dias. Demais espécimes irrigados com e sem EDTA 17% (n=144/36) serão analisados quanto à susceptibilidade dos microrganismos frente às soluções irrigadoras utilizadas durante o PQM através de microscopia confocal- Live/Dead® BacLight Bacterial Viability. Os resultados serão tabulados em Excel e analisados por testes estatísticos pelo programa SPSS for Windows.

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
OLIVEIRA, Ana Carolina Mascarenhas. Efetividade in vitro de substâncias químicas auxiliares e medicações intracanais sobre microrganismos e endotoxina em canais radiculares. 2013. Tese de Doutorado - Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Faculdade de Odontologia de Piracicaba.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.