Busca avançada
Ano de início
Entree

Papel dos receptores serotoninérgicos da substância cinzenta periaquedutal sobre a antinocicepção de camundongos confinados aos braços abertos do labirinto em cruz elevado

Processo: 09/17938-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de abril de 2010
Vigência (Término): 31 de março de 2015
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Neuropsicofarmacologia
Pesquisador responsável:Azair Liane Matos Do Canto de Souza
Beneficiário:Daniela Baptista de Souza
Instituição-sede: Centro de Educação e Ciências Humanas (CECH). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):12/06009-7 - Papel da neurotransmissão serotoninérgica sobre a dor neuropática induzida por oxaliplatina em camundongos, BE.EP.DD
Assunto(s):Substância cinzenta periaquedutal   Testes de nocicepção   Receptor 5-HT1A de serotonina   Receptores 5-HT2 de serotonina   Labirinto em cruz elevado

Resumo

A dor é uma experiência universal, e frequentemente quadros de ansiedade e depressão são acompanhados por relatos de dor intensa sem localização precisa ou lesões aparentes. Alguns tipos específicos de medicamentos utilizados no tratamento da depressão e ansiedade são também empregados para o alívio da dor. Há evidências mostrando que a exposição a situações ameaçadoras, resultam em um padrão de reações de defesa incluindo alterações comportamentais, autonômicas e em inibição da dor, sendo essas reações de alta relevância para a sobrevivência de uma espécie. Desta forma, pesquisas que envolvem dor e ansiedade frequentemente empregam modelos animais como instrumentos para a seleção de potenciais agentes terapêuticos, bem como para investigações acerca da neurobiologia das emoções. Neste sentido, o labirinto em cruz elevado (LCE), que se baseia na aversão natural dos roedores a espaços abertos, é utilizado como modelo animal de ansiedade, sendo útil tanto na avaliação do efeito ansiolítico e ansiogênico de drogas, como para o estudo da neurobiologia da antinocicepção induzida pelo potencial aversivo da experiência nos braços abertos. Desta forma, a administração central (ex., intra-substância cinzenta periaquedutal [SCP], estrutura límbica estreitamente envolvida na modulação da dor e das reações de defesa) de compostos que atuam nas vias serotoninérgicas é utilizada em estudos que buscam esclarecer a modulação da antinocicepção causada por situações aversivas. Assim, considerando-se evidências sugestivas do papel antiaversivo da serotonina nos seus receptores 5-HT1A e 5-HT2 da SCP, o qual mostra-se facilitado pelo tratamento crônico com inibidores da recaptação de serotonina, este estudo tem por objetivo avaliar o papel desses subtipos de receptores serotoninérgicos da SCP sobre a antinocicepção de camundongos expostos ao LCE, assim como a avaliação da facilitação da transmissão serotoninérgica somente sobre nocicepção. Para isso, utilizaremos administração isolada intra-SCP de agonistas dos receptores 5HT1A (8-OH-DPAT) e 5HT2C (MK-212), ao tratamento sistêmico (agudo e crônico), de fluoxetina em camundongos. Para caracterizar que os efeitos do tratamento farmacológico possam estar associados ao aumento da densidade desses receptores da serotonina na SCP, utilizaremos a técnica de Western Blot, e para a avaliação da ativação serotoninérgica nesta estrutura mesencefálica, utilizaremos análise neuroquímica da quantificação da concentração de serotonina e seu metabólito, o 5-HIAA (ácido 5-hidróxi-indolacético). (AU)

Publicações científicas (4)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
BAPTISTA-DE-SOUZA, DANIELA; PELARIN, VINICIUS; CANTO-DE-SOUZA, LUCAS; NUNES-DE-SOUZA, RICARDO LUIZ; CANTO-DE-SOUZA, AZAIR. Interplay between 5-HT2C and 5-HT1A receptors in the dorsal periaqueductal gray in the modulation of fear-induced antinociception in mice. Neuropharmacology, v. 140, p. 100-106, SEP 15 2018. Citações Web of Science: 1.
RODRIGUES TAVARES, LIGIA RENATA; BAPTISTA-DE-SOUZA, DANIELA; CANTO-DE-SOUZA, AZAIR. Activation of 5-HT2C (but not 5-H-1A) receptors in the amygdala enhances fear-induced antinociception: Blockade with local 5-H-2C antagonist or systemic fluoxetine. Neuropharmacology, v. 135, p. 376-385, JUN 2018. Citações Web of Science: 1.
BAPTISTA-DE-SOUZA, DANIELA; NUNCIATO, ANA C.; PEREIRA, BARBARA C.; FACHINNI, GABRIEL; ZANIBONI, CAROLINE R.; CANTO-DE-SOUZA, AZAIR. Mice undergoing neuropathic pain induce anxiogenic-like effects and hypernociception in cagemates. Behavioural Pharmacology, v. 26, n. 7, SI, p. 664-672, OCT 2015. Citações Web of Science: 10.
BAPTISTA, DANIELA; NUNES-DE-SOUZA, RICARDO LUIZ; CANTO-DE-SOUZA, AZAIR. Activation of 5-HT2C receptors in the dorsal periaqueductal gray increases antinociception in mice exposed to the elevated plus-maze. Behavioural Brain Research, v. 235, n. 1, p. 42-47, NOV 1 2012. Citações Web of Science: 8.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.