Busca avançada
Ano de início
Entree

Joseph de Maistre: intérprete da Revolução Francesa e da Modernidade

Processo: 09/18380-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de maio de 2010
Vigência (Término): 30 de abril de 2014
Área do conhecimento:Ciências Humanas - História - História Moderna e Contemporânea
Pesquisador responsável:Modesto Florenzano
Beneficiário:José Miguel Nanni Soares
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Historiografia   Revolução Francesa   Modernidade

Resumo

O objetivo de nossa pesquisa é o de explorar a interpretação maistreana da Revolução Francesa, a qual, ao contrário do que postula o senso-comum da historiografia, não se limitou às Considerações sobre a França (1797) e sua temática providencialista, pois se manifestou em muitos outros escritos, reunidos nos 14 volumes de suas Obras Completas. Maistre teve o mérito de integrar sua leitura da Revolução nos quadros da modernização do Ocidente, cujos pressupostos, expressos pela Reforma Protestante e pela Ilustração, permitiram-lhe explicar não apenas a Revolução em França, mas também profetizar o advento de uma 'era das revoluções'. Dessa maneira, procuraremos articular e cotejar a leitura maistreana do fenômeno - cujo nervo encontra-se na problemática teológico-política - com o moderno debate historiográfico, procurando com isso demonstrar que a interpretação maistreana coincide, surpreendentemente, com o modo como se interpreta contemporaneamente a gênese do mundo moderno.

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
SOARES, José Miguel Nanni. Joseph de Maistre: intérprete da Revolução Francesa e da modernidade. 2014. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.