Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise do processo de reparo alveolar em ratos espontaneamente hipertensos (SHR) não tratados e tratados com losartan. estudo imunoistoquímico e hitomorfométrico

Processo: 10/00173-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de junho de 2010
Vigência (Término): 30 de abril de 2013
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Cirurgia Buco-maxilo-facial
Pesquisador responsável:Roberta Okamoto
Beneficiário:Cassiano Costa Silva Pereira
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FOA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araçatuba. Araçatuba , SP, Brasil
Assunto(s):Losartan   Imuno-histoquímica   Ratos endogâmicos SHR   Hipertensão   Extração dentária   Reparação alveolar

Resumo

A hipertensão arterial sistêmica é um dos mais importantes problemas de saúde pública mundial. Cerca de 50% a 60% dos pacientes desconhecem serem hipertensos e, além disso, o controle incorreto da doença colabora para que esta entidade, comum nos consultórios odontológicos, se torne ainda mais perigosa. Sabe-se que a hipertensão altera o padrão de regulação de cálcio, o que induz a perda óssea. Estudos recentes envolvendo novos membros da família do Fator de Necrose Tumoral (TNF), as proteínas osteoprotegerina (OPG), RANK e seu ligante RANKL associadas à reabsorção e neoformação óssea colaboraram para o melhor entendimento do processo de reparação. O presente estudo tem por objetivo avaliar a interferência da hipertensão essencial no metabolismo ósseo durante o processo de reparo alveolar, bem como analisar a influência do Losartan, um medicamento anti-hipertensivo antagonista dos receptores de angiotensina II, por meio da expressão das proteínas OPG, RANK, RANKL, osteocalcina, TRAP, VEGF e PECAM. Este projeto também realizará a análise histomorfométrica do tecido ósseo formado. Os grupos serão constituídos por ratos Wistar-Kioto (WKY) normotensos e ratos espontaneamente hipertensos (SHR) não tratados e tratados com losartan. Através das análises histomorfométrica e imunoistoquímica, pretendemos relacionar os eventos observados (formação óssea e expressão das proteínas) em cada um dos períodos após a realização da extração dentária.

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
PEREIRA, Cassiano Costa Silva. Análise do processo de reparo alveolar em ratos espontaneamente hipertensos (SHR) não tratados e tratados com Losartan : estudo imunoistoquímico e histomorfométrico. 2013. 120 f. Tese de Doutorado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Odontologia (Campus de Araçatuba).

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.