Busca avançada
Ano de início
Entree

Organização central na geração de ajustes posturais antecipatórios e reativos em idosos

Processo: 10/00307-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2010
Vigência (Término): 31 de julho de 2013
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Educação Física
Pesquisador responsável:Luis Augusto Teixeira
Beneficiário:Marina Brito Silva
Instituição-sede: Escola de Educação Física e Esporte (EEFE). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Assunto(s):Controle postural   Idosos

Resumo

Ajustes posturais antecipatórios (APA) e reativos são os dois principais mecanismos que o sistema nervoso central utiliza para manter o equilíbrio corporal. Como esses ajustes dependem da integridade do sistema nervoso central, e dos sistemas muscular e sensorial, e o idoso apresenta déficits no processamento desses sistemas, as respostas posturais parecem ser mais lentas e menos adaptativas em indivíduos idosos do que em adultos jovens. A fim de minimizar esta desvantagem na regulação da postura ereta, idosos poderiam usar dicas sobre as características de uma perturbação postural iminente para auxiliar na manutenção do equilíbrio corporal. Dicas ambientais poderiam potencialmente ser utilizadas para modular não somente os APAs, mas também respostas reativas, evitando maiores perturbações à manutenção da postura ereta estável. Na presente proposta de investigação o efeito de dicas prévias de uma perturbação postural sobre o controle da postura ereta será avaliado em indivíduos idosos, em comparação a adultos jovens, em três experimentos. No Experimento 1 será avaliado o efeito da incerteza de direção (sentido anterior/posterior) e amplitude (alta/baixa) de perturbação mecânica sobre respostas posturais reativas, considerando que os participantes poderão receber dicas completas (direção e amplitude), incompletas (direção ou amplitude) ou não receberem nenhuma dica. No Experimento 2 será comparada a reorganização de respostas posturais reativas em decorrência de dicas inválidas sobre direção de perturbação mecânica. No Experimento 3 será comparado o efeito de incerteza temporal da perturbação mecânica sobre respostas posturais antecipatórias e reativas, incluindo condições em que (a) os participantes receberão dica sobre o momento de ocorrência do deslocamento da plataforma; (b) dica sobre a direção de perturbação; (c) dica sobre tempo e direção de perturbação; e (d) sem dica sobre tempo ou direção de perturbação.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
COELHO, DANIEL BOARI; SILVA, MARINA BRITO; DE LIMA-PARDINI, ANDREA CRISTINA; MARTINELLI, ALESSANDRA REZENDE; BAPTISTA, THAIS DA SILVA; RAMOS, RENATO TEODORO; TEIXEIRA, LUIS AUGUSTO. Young and older adults adapt automatic postural responses equivalently to repetitive perturbations but are unable to use predictive cueing to optimize recovery of balance stability. Neuroscience Letters, v. 685, p. 167-172, OCT 15 2018. Citações Web of Science: 0.
SILVA, MARINA BRITO; COELHO, DANIEL BOARI; DE LIMA-PARDINI, ANDREA CRISTINA; MARTINELLI, ALESSANDRA REZENDE; BAPTISTA, THAIS DA SILVA; RAMOS, RENATO TEODORO; TEIXEIRA, LUIS AUGUSTO. Precueing time but not direction of postural perturbation induces early muscular activation: Comparison between young and elderly individuals. Neuroscience Letters, v. 588, p. 190-195, FEB 19 2015. Citações Web of Science: 5.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.