Busca avançada
Ano de início
Entree

A construção epistemológica da diplomática: em busca da sistematização de seus marcos teóricos como subsídio aos estudos arquivísticos

Processo: 10/00643-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2010
Vigência (Término): 31 de agosto de 2013
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Ciência da Informação - Arquivologia
Pesquisador responsável:José Augusto Chaves Guimarães
Beneficiário:Natália Bolfarini Tognoli
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia e Ciências (FFC). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Marília. Marília , SP, Brasil
Assunto(s):Diplomática

Resumo

A Diplomática traz em seu bojo, um aporte metodológico à Ciência da Informação, à medida que fornece subsídios para a análise documental na Arquivística, e para o tratamento temático da informação na Biblioteconomia. Sua origem remonta ao século XVII, a partir da publicação do tratado de Mabillon, De re Diplomatica libri VI, que enunciava, pela primeira vez, os elementos para a crítica diplomática. A partir daí, outras obras são publicadas, fundamentando epistemologicamente o desenvolvimento da Diplomática. No entanto, em que pese a extensa lista de obras, a literatura ainda carece de uma sistematização das ideias dos autores clássicos que compõe a disciplina, mais especificamente, como elas interagem e trabalham para sua constituição, e até que ponto os conceitos e métodos propostos pelos autores fundamentam epistemologicamente as primeiras ideias concernentes à organização dos documentos de arquivo, uma vez que autores como Bautier, Duranti e Heredia, identificam nessas obras, as primeiras manifestações teóricas e práticas para a organização dos documentos. Dessa maneira, propõe-se aqui um resgate teórico sistematizado da Diplomática a partir do estudo das principais obras publicadas entre os séculos XVII e XX, buscando identificar o papel que elas exercem na construção de ambas as disciplinas, sistematizando as ideias dos marcos teóricos mais expressivos da área, a fim de verificar a existência de um "fio condutor" nessas obras, Para tanto, realizar-se-á um estudo exploratório, teórico e documental nas obras dos marcos teóricos da Diplomática, identificando nelas a natureza, o objeto e objetivo da disciplina, para que, a partir daí, possa ser construída uma cartografia de autores que integram a constituição epistemológica da área.

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
TOGNOLI, Natália Bolfarini. A construção teórica da Diplomática : em busca de uma sistematização de seus marcos teóricos como subsídio aos estudos arquivísticos. 2013. 162 f. Tese de Doutorado - Universidade Estadual Paulista. Faculdade de Ciências e Letras de Marília..

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.