Busca avançada
Ano de início
Entree

Aprendizagem em ações educacionais a distância: fatores influentes no desempenho acadêmico de universitários

Processo: 10/01333-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2010
Vigência (Término): 31 de julho de 2012
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia - Psicologia do Trabalho e Organizacional
Pesquisador responsável:Thaís Zerbini
Beneficiário:Lara Barros Martins
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Aprendizagem   Treinamento   Educação a distância

Resumo

Os atuais contextos educacionais a distância ou híbridos, assentados na internet, introduzem novas formas de estudar e aprender, suscitando questões que precisam ser discutidas acerca da qualidade e efetividade da Educação a Distância (EAD). A presente pesquisa objetivou propor e testar um modelo de avaliação de ações educacionais a distância, visando identificar variáveis preditoras de aprendizagem relacionadas às características da clientela (estratégias de aprendizagem e frequência nos recursos da web) e às reações aos procedimentos instrucionais e ao tutor. A universidade parceira oferece desde 2008 cursos superiores em EAD, sendo as disciplinas semipresenciais Metodologia Científica e Economia, ofertadas a todos os graduandos da instituição. Foram aplicados virtual e presencialmente os questionários de Estratégias de aprendizagem, Reação aos procedimentos instrucionais e Reação ao desempenho do tutor, os quais, anteriormente à coleta de dados, sofreram modificações para se adequarem às especificidades dos contextos de ensino superior (validação semântica e/ou por juízes). Para constatar as evidências de validade dos instrumentos, foram realizadas análises exploratórias fatoriais (Principal Components e Principal Axis Factoring) e de consistência interna (Alfa de Cronbach). Todas as escalas são estatisticamente válidas e confiáveis. A análise de regressão múltipla padrão foi realizada para cumprir o objetivo de testagem do modelo, visando verificar a influência do uso dos recursos da web e das estratégias de aprendizagem, bem como a satisfação dos alunos com os procedimentos instrucionais e tutor, nos resultados de aprendizagem. A frequência de uso das ferramentas da web, as estratégias de aprendizagem autorregulatórias e as reações favoráveis aos procedimentos instrucionais explicaram a ocorrência de aprendizagem. Tais achados apontam para a importância do ambiente virtual de aprendizagem, das trocas de mensagens entre alunos e tutores, e do uso de estratégias que promovem o autogerenciamento da aprendizagem e autorregulação da motivação, ansiedade e atenção, na produção de bons resultados, melhorando o desempenho acadêmico dos alunos que estudam a distância. Mais estudos são necessários para sistematizar conhecimentos sobre a avaliação de aprendizagem no ensino superior mediado por tecnologias e ampliar as discussões acerca da eficácia e aplicabilidade da modalidade EAD.

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
MARTINS, Lara Barros. Aprendizagem em ações educacionais a distância: fatores influentes no desempenho acadêmico de universitários. 2012. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto Ribeirão Preto.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.