Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos do exercício físico na expressão da miostatina e folistatina e no trofismo do músculo sóleo de ratos com insuficiência cardíaca crônica.

Processo: 10/02077-2
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2010
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2012
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Marina Politi Okoshi
Beneficiário:Daniele Mendes Guizoni
Instituição Sede: Faculdade de Medicina (FMB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Ratos   Músculo esquelético   Insuficiência cardíaca   Infarto do miocárdio   Exercício físico   Miostatina   Sistema musculoesquelético   Cardiologia
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:exercício físico | infarto do miocárdio | Insuficiência Cardíaca | Miostatina | Músculo esquelético | rato | cardiologia

Resumo

Embora atrofia da musculatura esquelética seja frequentemente observada em pacientes com insuficiência cardíaca (IC) crônica, as causas e os mecanismos moleculares responsáveis por suaocorrência não estão ainda completamente definidos. A miostatina, um membro da família TGFbeta(fator transformador do crescimento), regula o crescimento de músculos esqueléticosdurante o desenvolvimento embrionário e na vida adulta. Vários estudos mostraram a existênciade correlação negativa entre expressão gênica da miostatina e massa muscular. A atividade damiostatina pode ser antagonizada por proteínas como a folistatina. Em estudo prévio, verificamos redução da expressão protéica da folistatina em ratos com IC. O exercício físico tem papel importante na manutenção da massa muscular na IC. Entretanto, ainda não são conhecidos os mecanismos que modulam a ação do exercício na manutenção do trofismo. O objetivo deste estudo é avaliar o efeito do exercício físico na expressão da miostatina e folistatina e no trofismo do músculo sóleo de ratos com IC causada por infarto do miocárdio (IM). Três meses após cirurgia, os animais serão randomizados em quatro grupos (controle sedentário e com exercício; IM sedentário e com exercício). A atividade física será realizada em esteira com ciclos de 40 min/dia, 5 dias/semana e 16 m/min, durante três meses. Avaliação cardíaca será realizada por ecocardiograma transtorácico. A expressão protéica da miostatina e folistatina será analisada porWestern blot e a expressão gênica por RT-PCR em tempo real no músculo sóleo. O trofismo muscular será analisado em cortes histológicos corados por hematoxilina e eosina. A comparação entre os quatro grupos será realizada por ANOVA e o nível de significância considerado será de 5%.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
GUIZONI, DANIELE M.; OLIVEIRA-JUNIOR, SILVIO A.; NOOR, SEFORA L. R.; PAGAN, LUANA U.; MARTINEZ, PAULA F.; LIMA, ALINE R. R.; GOMES, MARIANA J.; DAMATTO, RICARDO L.; CEZAR, MARCELO D. M.; BONOMO, CAMILA; et al. Effects of late exercise on cardiac remodeling and myocardial calcium handling proteins in rats with moderate and large size myocardial infarction. INTERNATIONAL JOURNAL OF CARDIOLOGY, v. 221, p. 406-412, . (10/02077-2, 12/21687-1)
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
GUIZONI, Daniele Mendes. Influência do exercício físico na expressão da miostatina e folistatina no músculo sóleo de ratos com insuficiência cardíaca crônica. 2012. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista (Unesp). Faculdade de Medicina. Botucatu Botucatu.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas utilizando este formulário.