Busca avançada
Ano de início
Entree

Superfícies de titânio modificadas por plasma: avaliação in vitro em cultura de células osteoblásticas

Processo: 10/02634-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2010
Vigência (Término): 30 de junho de 2012
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Cirurgia Buco-maxilo-facial
Pesquisador responsável:Adalberto Luiz Rosa
Beneficiário:Emanuela Prado Ferraz
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto (FORP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Osteogênese   Cultura de células   Osteoblastos   Expressão gênica

Resumo

Os eventos celulares e extracelulares que ocorrem durante o processo de osseointegração são bastante influenciados pelas propriedades de superfície do titânio (Ti), como morfologia, topografia e composição química. O estudo das modificações de superfície de implantes de Ti tem atraído a atenção dos pesquisadores por existir grande interesse em tratamentos que possam acelerar o processo fisiológico de reparo do tecido ósseo em contato com o Ti. Recentemente, modificações da superfície do Ti foram feitas por plasma utilizando nitretação e oxidação induzidas por diferentes métodos e que resultaram em superfícies texturizadas sem alterar as propriedades intrínsecas do Ti. Essas superfícies apresentaram diferentes rugosidades, microdureza e molhabilidade e, em uma avaliação inicial, possibilitaram maior proliferação de células em comparação com superfícies de Ti não modificadas. No entanto, várias outras respostas biológicas in vitro ainda necessitam ser avaliadas para determinar se essas modificações podem representar boas alternativas para melhorar a osseointegração de implantes. Portanto, o objetivo geral desse estudo é avaliar as respostas in vitro de células osteoblásticas às superfícies modificadas por nitretação e oxidação. Serão avaliadas a morfologia e proliferação celulares, síntese de proteína total, atividade de fosfatase alcalina, formação de matriz mineralizada, expressão de proteínas não-colágenas indicativas da diferenciação osteoblástica e expressão de genes marcadores do fenótipo osteoblástico de células humanas cultivadas sobre discos de Ti.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
FERRAZ, Emanuela Prado. Superfícies de titânio modificadas por plasma: avaliação in vitro em cultura de células osteoblásticas. 2012. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto Ribeirão Preto.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.