Busca avançada
Ano de início
Entree

Geotecnologias aplicadas ao estudo da espessura do uso da terra na cidade de Paulínia (SP): desenvolvimento metodológico para ações de planejamento e gestão urbanos

Processo: 10/03083-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2010
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2012
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Geografia - Geografia Humana
Pesquisador responsável:Lindon Fonseca Matias
Beneficiário:Cinthia de Almeida Fagundes
Instituição-sede: Instituto de Geociências (IG). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Uso do solo   Geotecnologias   Geoprocessamento   Espaço urbano

Resumo

Em se tratando da produção do espaço urbano, diante da aparente aceleração do tempo no mundo contemporâneo constatam-se intensas transformações do uso da terra intraurbano, as quais são passíveis de uma dedicação contínua do planejamento e gestão urbanos por conta da conformação de problemas socioambientais advindos de uma ocupação desordenada e, geralmente, não planejada do território. A fim de auxiliar o processo de planejamento e gestão urbanos, utilizam-se cada vez mais recursos de geotecnologias para identificação, representação e análise dos espaços urbanos, uma vez que essas tecnologias, notadamente os Sistemas de Informação Geográfica (SIG), potencializam os estudos por meio do armazenamento, edição e tratamento de dados espacialmente referenciados, realizados de forma ágil e precisa visando atender a dinâmica de transformação do espaço geográfico. Neste sentido, o principal objetivo deste trabalho consiste em realizar um estudo de cunho geográfico, com enfoque na questão teórico-metodológica, para o desenvolvimento de uma metodologia de interpretação e representação tridimensional da espessura do uso da terra intraurbano como contribuição para as ações de planejamento e gestão urbanos. A discussão do conceito de espessura do uso da terra refere-se a uma proposição inicial de que existe uma componente do uso da terra que vem sendo costumeiramente desprezada nos estudos que lidam com a questão, já que esses quase sempre se limitam a representação e análise bidimensional e temporal do fenômeno, abrangendo somente a dimensão locacional (coordenadas x,y) e temática (tipo de uso) num determinado recorte do tempo, desconsiderando a expressão que confere a espessura dos diferentes tipos de uso no território na sua acepção social, econômica, política e, mesmo, ambiental. Na realização da pesquisa serão percorridos temas da produção do espaço geográfico, das ações de planejamento e gestão urbanos, bem como da temática do uso da terra intraurbano a ser investigada com suporte das geotecnologias. A interpretação e representação tridimensional da espessura do uso da terra intraurbano será realizado tendo como base a cidade de Paulínia (SP), já que esta se caracteriza por uma intensiva transformação de seu espaço geográfico, consequentemente da dinâmica de seu uso da terra. Ao propor este encaminhamento metodológico com base na discussão da espessura do uso da terra na cidade de Paulínia, pretende-se auxiliar na compreensão da produção deste espaço, assim como no planejamento e gestão urbanos, ainda que também se enseje a aplicação em outras realidades e espaços urbanos.

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
FAGUNDES, Cinthia de Almeida. Análise do uso da terra intraurbano na cidade de Paulínia (SP) : uma contribuição teórico-metodológica. 2012. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Instituto de Geociências.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.