Busca avançada
Ano de início
Entree

Ciclagem e disponibilidade de p para soja em rotação com braquiária como espécie de cobertura

Processo: 10/03094-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2010
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2012
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Ciência do Solo
Pesquisador responsável:Ciro Antonio Rosolem
Beneficiário:Moniki Campos Janegitz
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Fósforo   Brachiaria   Rotação de culturas   Soja   Ciclagem de nutrientes

Resumo

Os solos brasileiros são carentes em fósforo, em conseqüência do material de origem e da forte interação do mesmo com o solo. O uso do sistema de semeadura direta promove o aumento de matéria orgânica nos horizontes superficiais, em decorrência da deposição de palhada, alterando a dinâmica do fósforo no solo e, recentemente, tem se atribuído à braquiária a característica de disponibilizar fósforo às culturas subseqüentes. O objetivo principal do estudo deste trabalho é avaliar o efeito do cultivo de braquiária como espécie de cobertura na ciclagem e disponibilidade de P no sistema, assim como na resposta da soja à adubação fosfatada, em sistema de semeadura direta. O experimento será conduzido na Fazenda Experimental Lageado na Faculdade de Ciências Agronômicas, UNESP-Botucatu, Estado de São Paulo no Departamento de Produção Vegetal. O experimento constará de 3 tratamentos iniciais (adubação com fósfato Natural e Solúvel, mais uma testemunha), presença ou não de braquiária e 3 doses de fósforo na semeadura da soja. É uma área conduzida em semeadura direta com rotação de culturas há sete anos, sendo a braquiária introduzida nos últimos três anos. Serão realizadas amostragens de solo na época da semeadura da soja (após a dessecação da braquiária) para fins de análise de fertilidade e determinação das formas de fósforo presentes no solo. A matéria seca restante da braquiária será amostrada aos 15, 30, 60, 90 e 120 dias (ou R6 da soja). Nas plantas de soja será analisado o acúmulo de fósforo, diagnose foliar, produtividade de grãos e produção de matéria seca. Os resultados obtidos serão submetidos à análise de variância e as médias comparadas pelo teste t (DMS) a 5% de probabilidade de erro.

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
JANEGITZ, Moniki Campos. Ciclagem e disponibilidade de fósforo para a soja em rotação com braquiária como espécie de cobertura. 2012. 78 f. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Ciencias Agronomicas (Campus de Botucatu). Botucatu.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.