Busca avançada
Ano de início
Entree

Morfo-fisiologia das glândulas acessórias do sistema genital de morcegos: estudo em representantes das subfamílias Glossophaginae, Carollinae e Phyllostominae (Phyllostomidae: Chiroptera)

Processo: 10/03128-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2010
Vigência (Término): 30 de novembro de 2012
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Morfologia - Histologia
Pesquisador responsável:Sebastião Roberto Taboga
Beneficiário:Fabiane Ferreira Martins
Instituição-sede: Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas (IBILCE). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José do Rio Preto. São José do Rio Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Próstata   Reprodução   Sazonalidade   Histoquímica

Resumo

A Ordem Chiroptera constitui um grupo peculiar dentro dos Mammalia devido às adaptações para o vôo e consequetemente aos peculiares hábitos de vida. Embora tenham ampla radiação e se conheça bem as questões evolutivas do grupo, alguns aspectos relativos à biologia reprodutiva, ainda são pouco explorados, principalmente aqueles relacionados às glândulas acessórias do sistema genital e as relações funcionais dessas glândulas com as variações sazonais. Tendo sido estabelecidos como uma área de pesquisa do nosso grupo de pesquisa, os estudos em próstata dos quirópteros parece ser um excelente campo para estudos de enfoque evolutivo e de biologia da reprodução. Desta maneira, o presente trabalho objetiva avaliar as glândulas sexuais acessórias masculinas, com ênfase à próstata de espécies representantes de três subfamílias da família Phyllostomidae, a saber: Glossophaginae, Carollinae e Phyllostominae. Procurando assim traçar um panorama anatômico, histológico e histoquímico comparativos das glândulas acessórias sexuais masculinas com bases em descrições detalhadas através de análises macroscópicas, microscópicas e ultra-estruturais, levando em conta a avaliação das possíveis influências de sazonalidade e concentração sérica hormonal de esteróides sexuais, sobre as glândulas ao longo do ano. Para tal, machos adultos coletados na natureza das espécies Glossophaga soricina (Glossophaginae), Carollia perspicillata (Carollinae) e Phyllostomus discolor (Phyllostominae), durante todos os meses do ano, após a coleta do sangue para análises hormonais sorológicas, serão submetidos à dissecção e posterior remoção das glândulas sexuais acessórias, que serão submetidas às técnicas rotineiras de avaliações histológicas e ultra-estruturais. A análises qualitativas e quantitativas ao microscópio de luz e eletrônico de transmissão e de varredura serão efetuadas e os parâmetros morfométricos e estereológicos serão submetidos a testes estatísticos específicos para averiguação das diferenças significativas desses padrões ao longo do ano. Desta forma procurar-se-á estabelecer comparações na família que certamente contribuirão para o entendimento da histofisiologia dessa glândula nos Phyllostomidae neotropicais.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MARTINS, FABIANE F.; BEGUELINI, MATEUS R.; PUGA, CINTIA C. I.; MORIELLE-VERSUTE, ELIANA; VILAMAIOR, PATRICIA S. L.; TABOGA, SEBASTIAO R. Morphophysiology and ultrastructure of the male reproductive accessory glands of the bats Carollia perspicillata, Glossophaga soricina and Phyllostomus discolor (Chiroptera: Phyllostomidae). ACTA HISTOCHEMICA, v. 118, n. 6, p. 640-651, 2016. Citações Web of Science: 3.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
MARTINS, Fabiane Ferreira. Morfofisiologia das glândulas acessórias do sistema genital de morcegos: Estudo em representantes das subfamílias Carollinae, Glossophaginae e Phyllostominae (Chiroptera: Phyllostomidae). 2012. 79 f. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista. Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas. São José do Rio Preto.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.