Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento e caracterização de marcadores moleculares a partir de sequências geradas pelo programa de sequenciamento do genoma da cana-de-açúcar

Processo: 10/03542-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2010
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2012
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitotecnia
Pesquisador responsável:Anete Pereira de Souza
Beneficiário:Cláudio Benício Cardoso da Silva
Instituição-sede: Centro de Biologia Molecular e Engenharia Genética (CBMEG). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:08/52197-4 - Genomic-assisted breeding of sugarcane: using molecular markers for understanding the genetic architecture of quantitative traits and to implement marker assisted selection, AP.BIOEN.TEM
Assunto(s):Cana-de-açúcar   Repetições de microssatélites   Mapeamento genético   Melhoramento genético   Marcador molecular

Resumo

A cana-de-açúcar está entre as espécies de maior importância econômica no mundo, constituindo uma das principais fontes de produção sucroalcooleira. Apesar do Brasil ser o maior produtor mundial destes derivados, os níveis de produtividade ainda são considerados baixos. Para contornar esse cenário, os programas de melhoramento clássico buscam obter novas variedades de cana-de-açúcar mais produtivas e resistentes a pragas e doenças. Porém, esse processo é demorado e consome vários anos até o lançamento comercial de uma nova variedade. O desenvolvimento de marcadores genéticos, PCR específicos, como os microssatélites (SSR), pode acelerar significativamente estes programas de melhoramento. Com o objetivo de contribuir para o avanço do programa de mapeamento genético e melhoramento genético da cana-de-açúcar, o presente projeto propõe o desenvolvimento de marcadores microssatélites a partir de sequências geradas pelo programa de sequenciamento do genoma da cana-de-açúcar. Um grupo de marcadores desenvolvidos será validado através de seu mapeamento nas populações F1 disponíveis no laboratório. O desenvolvimento de tais marcadores será útil na construção de mapas genéticos para o mapeamento de características quantitativas e qualitativas, bem como no estudo da diversidade genética e auxílio nos estágios iniciais de programas de melhoramento.