Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da adesão à terapêutica medicamentosa dè pacientes atendidos Èm üma Unidade Básica de Saúde dò Interior do Estado de São Paulo antes e após o uso dè um kit farmacoterapêutico personalizado (KFP)

Processo: 10/03448-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2010
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2013
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Enfermagem - Enfermagem Médico-cirúrgica
Pesquisador responsável:Silvia Helena de Bortoli Cassiani
Beneficiário:Liliana Batista Vieira
Instituição-sede: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto (EERP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Enfermagem fundamental   Uso de medicamentos   Segurança do paciente

Resumo

Os medicamentos para a prevenção, a cura e o tratamento de doenças representam um suporte essencial da prática médica. No entanto, concomitante à expansão do mercado farmacêutico, a sociedade se confrontou com as desventuras dos medicamentos: reações adversas, problemas de eficácia, efetividade, segurança, adesão, acesso, uso incorreto e erros na medicação. Nos países desenvolvi¬dos a adesão média é de 50% e nos países em desenvolvimento, este percentual é ainda menor. O sistema de dispensação de medicamentos por dose unitária em hospitais diminui drasticamente erros de medicação. Tendo em vista os altos índices de morbi-mortalidade, que mais de 50% da população faz uso incorreto dos seus medicamentos e que o uso de sistemas de dispensação por dose unitária podem diminuir erros de medicação, este estudo tem como objetivo avaliar a adesão à terapêutica medicamentosa de pacientes idosos hipertensos antes e após uma intervenção inovadora de dispensação, ou seja, um Sistema de Uso Personalizado de Medicamentos (SUPERMED), composto por kits de medicamentos usados por esses pacientes, informações para o uso correto e um sistema de alerta e acompanhamento, diminuindo problemas relacionados aos medicamentos e eventos adversos, melhorando a adesão ao tratamento e garantindo a segurança dos pacientes. O estudo será realizado na Unidade Básica de Saúde Dom Mielle da cidade de Ribeirão Preto. Será realizado um sorteio aleatório de 50 pacientes que irão participar do grupo controle. Após seis meses, os mesmos passarão a ser o grupo intervenção que receberão o SUPERMED por seis meses. Durante o acompanhamento dos grupos serão aplicados os instrumentos de coleta de dados e a pressão arterial dos pacientes será aferida mensalmente. Será solicitado aos participantes da pesquisa o seu consentimento mediante a assinatura do Termo de Consentimento Livre e Esclarecido. Todas as análises serão conduzidas com software estatístico e o programa Microsoft Excel®.

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
VIEIRA, Liliana Batista. Avaliação da adesão à terapêutica medicamentosa de pacientes idosos hipertensos antes e após o desenvolvimento e uso de um Sistema Eletrônico de Uso Personalizado e Controlado de Medicamentos (SUPERMED). 2013. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto Ribeirão Preto.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.

Patente(s) depositada(s) como resultado deste projeto de pesquisa

SISTEMA DE MONITORAMENTO ELETRÔNICO PARA MEDICAMENTOS BR1020130068063 - Universidade de São Paulo (USP) . Silvia Helena de B. Cassiani; Liliana Batista Vieira; Fernando Santos Osorio; Alessandro Cristian Fernandes - 25 de março de 2013