Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo comparativo do Agaricus blazei com diferentes cogumelos comestíveis comercializados no Brasil: ação contra radicais livres e espécies reativas do oxigênio

Processo: 10/04049-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2010
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2012
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Ciência e Tecnologia de Alimentos - Ciência de Alimentos
Pesquisador responsável:Olga Maria Mascarenhas de Faria Oliveira
Beneficiário:Kamila Maria Silveira Negri
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Assunto(s):Agaricales   Radicais livres   Antioxidantes

Resumo

O excesso na geração de espécies reativas como os radicais livres pode resultar num desequilíbrio que, embora benéfico em situações como o combate a microrganismos patógenos, está implicado com diversas patologias crônicas e com o envelhecimento precoce. Assim, é comum indicar o uso de antioxidantes para a prevenção destas patologias e inclusive, algumas pesquisas com produtos antioxidantes já resultaram no desenvolvimento de novos medicamentos. Nesta área, produtos naturais são fontes bastante pesquisadas e promissoras, especialmente em países com megadiversidade biológica. Desta forma, o estudo de fontes naturais que apresentam substâncias ativas sobre as diferentes espécies oxidantes geradas em nosso organismo é de grande importância, visto as implicações destas em várias patologias. Entre estas fontes, Agaricus blazei é um cogumelo comestível e medicinal, popularmente utilizado na prevenção do envelhecimento e no tratamento de diversas doenças, como câncer, artrite reumatóide, artrose, arteriosclerose, diabetes e hipertensão. Interessantemente, estas indicações estão relacionadas à ação de antioxidantes. Entretanto, além do A. blazei, o uso de outros cogumelos como o Agaricus bisporus, conhecido como champignon, o Lentinus edodes (shiitake) e o Pleurotus ostreatus (shimeji ou hiratake), está crescendo bastante no Brasil. Além de suas propriedades nutricionais, é importante verificar possíveis atividades biológicas, o que poderia render alegações de propriedades funcionais como as já existentes para o A. blazei. Assim, este projeto objetiva o estudo do perfil de atividade antioxidante (químico, enzimático e ex vivo) de cogumelos cultivados no Brasil, em comparação com o Agaricus blazei.

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
NEGRI, Kamila Maria Silveira. Estudo comparativo de diferentes cogumelos comestíveis comercializados no Brasil : ação contra radicais livres, espécies reativas e atividade antibacteriana. 2012. 105 f. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Instituto de Quimica. Araraquara.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.