Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação de biomarcadores genéticos e bioquímicos em Tilápias do Nilo (Oreochromis niloticus)expostas aos herbicidas combine (tebutiurom)e Velpar (diurom + hexaninona)

Processo: 10/04028-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2010
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2012
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Metabolismo e Bioenergética
Pesquisador responsável:Eduardo Alves de Almeida
Beneficiário:Mariana Furio Franco Bernardes
Instituição-sede: Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas (IBILCE). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José do Rio Preto. São José do Rio Preto , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:06/03873-1 - Estudo de variações bioquímicas em tilápias, como biomarcadores de contaminação ambiental, AP.JP
Assunto(s):Biotransformação   Poluição ambiental   Estresse oxidativo   Tilápia   Ecotoxicologia

Resumo

O ambiente aquático é um meio invariavelmente atingido por xenobióticos (substância química de origem natural ou produzida pelo homem). Os herbicidas constituem uma categoria heterogênea de produtos químicos, feitos especificamente para controle de plantas daninhas, que podem atingir os ecossistemas aquáticos. Estes xenobióticos podem ser agrupados de acordo com o mecanismo de ação, que inclui os inibidores do fotossistema II da fotossíntese. Dentre esses, estão os possuidores dos grupos químicos triazinas (herbicida atrazine), triazinonas (herbicida hexazinona) e uréia (herbicidas diurom e tebutiurom). Os biomarcadores podem ser definidos como alterações de um organismo que são indicativos da exposição ou efeito de um xenobiótico. Diversos componentes celulares em peixes têm sido usados como biomarcadores, incluindo a análise de parâmetros genéticos e bioquímicos. Com o objetivo de analisar os efeitos genotóxicos, mutagênicos e metabólicos dos herbicidas Combine® (tebutiurom) e Velpar® (diurom + hexazinona) em Tilápias do Nilo (Oreochromis niloticus), serão analisados, como biomarcadores genéticos, a freqüência de micronúcleos e anormalidades nucleares, além do ensaio cometa. Como biomarcadores bioquímicos, serão analisados os níveis das atividades das enzimas de biotransformação 7-etóxiresorufina-O-desetilase (EROD) e glutationa S-transferases (GST), o antioxidante enzimático superóxido dismutase (SOD) e a peroxidação lipídica (LPO).

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.