Busca avançada
Ano de início
Entree

Monitoramento ambiental de zinco em produtos agrícolas e sua distribuição nas plantas com auxílio do radioisótopo 65Zn

Processo: 10/04111-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2010
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2012
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Nuclear - Aplicações de Radioisótopos
Pesquisador responsável:Takashi Muraoka
Beneficiário:Rafael Carvalho Fior
Instituição-sede: Centro de Energia Nuclear na Agricultura (CENA). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Poluição do solo   Cadeia alimentar   Metais pesados   Química ambiental

Resumo

A contaminação do solo é crescente no mundo, havendo grandes extensões de áreas afetadas em concentrações que podem representar perigo ambiental, com impactos ao solo, vegetação, águas superficiais ou subterrâneas e, consequentemente, a entrada desses contaminantes na cadeia alimentar. A contaminação do solo por metais pesados, através de fontes antropogênicas, muitas vezes parece ser pequena, mas requer seu monitoramento, em face à disponibilidade dos elementos e às diversas fontes antropogênicas de contaminação, entre elas, os insumos agrícolas e as atividades industriais. Com relação à entrada dos metais pesados na cadeia alimentar, as plantas se comportam tanto como mecanismo de transferência de contaminantes do solo para níveis mais altos na cadeia trófica, como importante barreira para essa transferência. Os metais pesados, incluindo o Zn, que é essencial tanto para vegetais quanto para o ser humano, quando absorvidos pelo corpo humano, depositam-se no tecido ósseo e gorduroso, ocupando o lugar de minerais nobres e, lentamente liberados no organismo, podem provocar uma série de doenças. O projeto será dividido em três etapas, cada qual com um objetivo: 1ª Identificar culturas que apresentem um maior potencial na translocação de zinco para a cadeia alimentar, através da avaliação nos produtos agrícolas; 2ª avaliar os teores de zinco diretamente nos solos agrícolas e nas culturas produzidas nesses solos; 3ª avaliar os teores disponíveis de metais pesados nesses solos agrícolas através de extratores químicos e pela técnica de traçadores radioativos (65Zn). Entre os resultados obtidos, espera-se encontrar teores aceitáveis de Zn, de tal forma que esses teores estejam inferiores às legislações vigentes para alimentos in natura e fornecer subsídios às legislações brasileiras que envolvam teores de metais pesados, especialmente os de alimentos e de solos agrícolas. A melhor forma de combater a intoxicação humana por metais pesados é impedir que esses sejam absorvidos pelo corpo, ou seja, prevenção.

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
FIOR, Rafael Carvalho. Monitoramento ambiental de zinco em produtos agrícolas. 2012. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Centro de Energia Nuclear na Agricultura Piracicaba.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.