Busca avançada
Ano de início
Entree

Microencapsulação de Oleoresina de Cúrcuma (Curcuma longa L.) em Matrizes de Gelatina, Goma Arábica e Colágeno Hidrolisado

Processo: 10/04269-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2010
Vigência (Término): 31 de julho de 2012
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Ciência e Tecnologia de Alimentos - Engenharia de Alimentos
Pesquisador responsável:Vânia Regina Nicoletti Telis
Beneficiário:Larissa Angélica Cirelli Zuanon Sardella
Instituição-sede: Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas (IBILCE). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José do Rio Preto. São José do Rio Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Ultrassom   Biopolímeros   Spray drying   Liofilização   Pigmentos

Resumo

A cúrcuma (Cúrcuma longa L.), também conhecida como açafrão é uma planta originária do sudeste asiático, pertencente à família das Zingiberaceae. Depois de secos, os rizomas da cúrcuma podem ser submetidos a processos de extração, dando origem a óleos essenciais ou ao seu principal pigmento, a curcumina, um corante amarelo usado na indústria de alimentos para conferir cor e sabor e, na indústria farmacêutica, por seu caráter anticancerígeno e antioxidante. A curcumina é solúvel em etanol e outros solventes orgânicos, porém é insolúvel em meio aquoso, além de apresentar instabilidade em relação a diversos fatores físicos e ambientais, como à luz, ao pH e às altas temperaturas. Com o duplo objetivo de aumentar a estabilidade do pigmento e de suas propriedades funcionais, seja durante seu armazenamento ou durante a vida de prateleira dos alimentos no quais seja utilizado como ingrediente, bem como facilitar sua utilização em meios aquosos, pretende-se, neste projeto de pesquisa, estudar o processo de microencapsulação da oleoresina de cúrcuma através do seu recobrimento por uma matriz polimérica solúvel em água, à base de misturas de gelatina e goma arábica ou gelatina e colágeno hidrolisado, avaliar as propriedades físico-químicas e funcionais das microcápsulas obtidas e estudar a estabilidade do pigmento microencapsulado frente à luz, pH e temperatura. Para atingir tais objetivos serão avaliadas as proporções de agente encapsulante e oleoresina mais adequadas ao processo, o efeito do uso de ultrassom durante a etapa de emulsificação do pigmento, bem como as condições de secagem por liofilização e por aspersão (spray drying) sobre a eficiência de encapsulação e sobre a morfologia, solubilidade e estabilidade das microcápsulas obtidas.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
ZUANON, LARISSA A. C.; MALACRIDA, CASSIA R.; TELIS, VANIA R. N. Effect of Ultrasound on the Stability of Turmeric Oleoresin Microencapsulated in Gelatin-Collagen Matrices. Journal of Food Process Engineering, v. 40, n. 2 APR 2017. Citações Web of Science: 1.
MALACRIDA, CASSIA ROBERTA; FERREIRA, SUNGIL; CIRELI ZUANON, LARISSA ANGELICA; NICOLETTI TELIS, VANIA REGINA. FREEZE-DRYING FOR MICROENCAPSULATION OF TURMERIC OLEORESIN USING MODIFIED STARCH AND GELATIN. JOURNAL OF FOOD PROCESSING AND PRESERVATION, v. 39, n. 6, p. 1710-1719, DEC 2015. Citações Web of Science: 7.
CIRELLI ZUANON, LARISSA ANGELICA; MALACRIDA, CASSIA ROBERTA; NICOLETTI TELIS, VANIA REGINA. Production of Turmeric Oleoresin Microcapsules by Complex Coacervation with Gelatin-Gum Arabic. JOURNAL OF FOOD PROCESS ENGINEERING, v. 36, n. 3, p. 364-373, JUN 2013. Citações Web of Science: 38.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
SARDELLA, Larissa Angélica Cirelli Zuanon. Microencapsulação de oleoresina de cúrcuma (curcuma longa l.) em matrizes de gelatina, goma arábica e colágeno hidrolisado. 2012. 100 f. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas. São José do Rio Preto.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.