Busca avançada
Ano de início
Entree

Relevância clínica da concentração do ácido hialurônico no escarro e espécimens tumorais de pacientes portadores de carcinomas de pulmão

Processo: 10/04462-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2010
Vigência (Término): 31 de julho de 2012
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Anatomia Patológica e Patologia Clínica
Pesquisador responsável:Vera Luiza Capelozzi
Beneficiário:Maristela Peres Rangel
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Glicosaminoglicanos   Prognóstico   Ácido hialurônico   Escarro   Matriz extracelular   Neoplasias pulmonares

Resumo

Diversos fatores contribuem para o desenvolvimento e progressão das neoplasias. Elas decorrem em geral a partir de mutações genéticas causadas por padrões de herança ou agentes ambientais mutagênicos. O câncer de pulmão é a neoplasia que mais causa mortes em todo o mundo. Em geral seu diagnóstico é tardio e as opções de tratamento, se o caso já estiver muito avançado, são somente paliativas. Em função deste problema quanto ao tratamento urge a necessidade de se desenvolver novos marcadores moleculares capazes de prever o comportamento neoplásico. O ácido hialurônico (HA) é um glicosaminoglicano não sulfatado presente na matriz extracelular e seus níveis mostram-se elevados na presença de células neoplásicas. Esse ácido pode apresentar-se como uma molécula grande, de alto peso molecular, ou em pequenos fragmentos após sofrer a ação das hialuronidases. Esses pequenos fragmentos também estão associados à progressão tumoral, pois, ao que tudo indica, induzem a angiogênese. Novos métodos foram desenvolvidos para a quantificação do HA de forma sensível e precisa e permitiram o desenvolvimento de testes laboratoriais capazes de correlacionar os níveis de HA com a incidência de tumores residuais de bexiga. O presente projeto pretende 1) mensurar a concentração do HA em câncer de pulmão; 2) avaliar a relação dessas concentrações com os tipos histológicos 3) avaliar a relação dessas concentrações com a evolução da doença e correlacionar com severidade.

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
RANGEL, Maristela Peres. Relevância clínica da concentração do ácido hialurônico no escarro e em espécimes tumorais de pacientes portadores de carcinomas de pulmão. 2012. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Medicina São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.