Busca avançada
Ano de início
Entree

Variação nos genes dos receptores mineralocorticóide e glucocorticóide e suas implicações proteômicas na qualidade da carne de bovinos Nelore

Processo: 10/07057-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de julho de 2010
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2013
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Zootecnia - Produção Animal
Pesquisador responsável:Júlio Cesar de Carvalho Balieiro
Beneficiário:Mirele Daiana Poleti
Instituição-sede: Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos (FZEA). Universidade de São Paulo (USP). Pirassununga , SP, Brasil
Assunto(s):Proteômica   Estresse em animal   Glucocorticoides   Qualidade da carne

Resumo

Atualmente, o consumidor final da carne, vem exigindo um sistema de produção animal que lhe ofereça garantia sobre toda sua cadeia produtiva além da qualidade final do produto (carne). O ambiente e as práticas de manejo têm efeitos significativos para a produção de carne de qualidade, uma vez que sob condições de estresse, são desencadeadas uma série atividades fisiológicas importantes, as quais podem ocasionar prejuízos à produção animal. Hormônios adrenais como cortisol são liberados na corrente sanguínea e seu feedback ocorre no cérebro por meio de dois receptores centrais, glucocorticóide (GR) e mineralocorticóide (MR). O eixo HPA é o componente central do sistema de estresse, e polimorfismos genéticos dos genes MR e GR têm demonstrado diferentes reatividades do eixo HPA. Diante disto, o presente estudo tem como objetivo (I) identificar polimorfismos de único nucleotídeo (SNP) nos genes MR e GR de bovinos da raça Nelore, (II) realizar análises de associação dos diferentes polimorfismos relacionados aos genes MR e GR com variáveis indicadoras do nível de estresse animal, bem como com variáveis relacionadas à qualidade da carne; (III) caracterizar e estabelecer o perfil das proteínas da carne de bovinos da raça Nelore, com base nos genótipos contrastantes para os polimorfismos observados. Este projeto que visa fazer a ligação entre o sistema endócrino, identificação de animais susceptíveis ao estresse verificados por marcadores SNPs em receptores centrais do eixo HPA e suas implicações no sistema proteolítico envolvido na conversão do músculo em carne, avaliando níveis de hormônios específicos, reservas de glicogênio, seus efeitos sobre a proteólise das proteínas musculares. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
POLETI, MIRELE DAIANA; MONCAU, CRISTINA TSCHORNY; SILVA-VIGNATO, BARBARA; ROSA, ALESSANDRA FERNANDES; LOBO, ADALFREDO ROCHA; CATALDI, THAIS REGIANI; NEGRAO, JOAO ALBERTO; SILVA, SAULO L.; ELER, JOANIR PEREIRA; DE CARVALHO BALIEIRO, JULIO CESAR. Label-free quantitative proteomic analysis reveals muscle contraction and metabolism proteins linked to ultimate pH in bovine skeletal muscle. MEAT SCIENCE, v. 145, p. 209-219, NOV 2018. Citações Web of Science: 1.
POLETI, M. D.; DERIJK, R. H.; ROSA, A. F.; MONCAU, C. T.; OLIVEIRA, P. S.; COUTINHO, L. L.; ELER, J. P.; BALIEIRO, J. C. C. Genetic variants in glucocorticoid and mineralocorticoid receptors are associated with concentrations of plasma cortisol, muscle glycogen content, and meat quality traits in male Nellore cattle. DOMESTIC ANIMAL ENDOCRINOLOGY, v. 51, p. 105-113, APR 2015. Citações Web of Science: 7.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.