Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de métodos rápidos de preparo de amostras para especiação química de arsênio em alimentos por LC-ICP-MS e avaliação das concentrações e do metabolismo em arroz

Processo: 10/07566-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2010
Vigência (Término): 30 de junho de 2012
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Analítica
Pesquisador responsável:Fernando Barbosa Júnior
Beneficiário:Bruno Lemos Batista
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (FCFRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Espectrometria de massas   Cromatografia líquida de alta eficiência   Arsênio   Toxicologia

Resumo

Os elementos químicos, tipicamente definidos pelas propriedades físico-químicas no estado sólido, podem ser divididos em essenciais e tóxicos. Os elementos essenciais são aqueles necessários ao organismo para manter suas funções fisiológicas normais como Zn, Fe, Co, Mg, Se. Os elementos tóxicos são aqueles que não possuem função no organismo como Cd, Pb, Hg e As. Como exemplo, o As é um composto amplamente distribuído no ambiente sendo considerado pela ATSDR (EUA) o composto mais tóxico ao homem. Ele está ligado a causa de diversas doenças vasculares periféricas, cardíacas, anemia e câncer. As formas inorgânicas, As(III) e As(V), são as mais tóxicas sendo metiladas no organismo a ácido monometilarsônico (MMA) e o ácido dimetilarsínico (DMA), principalmente. Essa metilação não é constante, variando de acordo com idade, gênero, etnia, dose de exposição, gravidez, estado nutricional e polimorfismo genético, provocando divergências quanto à toxicidade das espécies. No homem, os compostos de As são empregados como medicamentos para tratamento de leucemia, em animais como medicamentos para crescimento e antiparasitários e em praguicidas, sendo assim, devido também a sua alta solubilidade em água, a exposição via oral é mais comum. Países como Japão, EUA, Austrália e a Comunidade Européia estão dirigindo esforços políticos (leis) e tecnológicos para avaliação da concentração de espécies de compostos nos alimentos (importados) e meio ambiente. Assim, devido às crescentes exigências do mercado externo e interno quanto à segurança dos alimentos, há a necessidade do desenvolvimento de métodos rápidos e simples para aplicação em rotina visando a análise de especiação de As por HPLC-ICP-MS. No exterior, muitos grupos de pesquisa utilizam a HPLC-ICP-MS para especiação de As por ser uma ferramenta versátil de alta sensibilidade e seletividade. Vários métodos de extração e quantificação das espécies de As em matrizes como fígado, rins, sangue, soro, urina, cabelo, maçã, arroz e organismos marinhos vêm sendo desenvolvidos. No entanto, no Brasil, um grande exportador de alimentos, ainda há uma deficiência na análise de especiação de As. Portanto, este projeto tem como objetivos: i) desenvolver e validar um método de separação e quantificação de As(III), As(V), DMA, MMA e Arsenobetaína por HPLC-ICP-MS; ii) desenvolver um método simples de extração das espécies de As visando aplicação em rotina; iii) aplicar o método em amostras de arroz e peixes comercializados no Brasil para fins de segurança alimentar; iv) estudar a absorção e o metabolismo de As pelo arroz (Oryza sativa L.).

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
FREIRE, BRUNA MOREIRA; SANTOS, VIVIAN DA SILVA; FERREIRA NEVES, PERICLES DE CARVALHO; OLIVEIRA SOUZA REIS, JULIANA MARIA; DE SOUZA, SAMUEL SIMIAO; BARBOSA JR, FERNANDO; BATISTA, BRUNO LEMOS. Elemental chemical composition and As speciation in rice varieties selected for biofortification. ANALYTICAL METHODS, v. 12, n. 16, p. 2102-2113, APR 28 2020. Citações Web of Science: 0.
BORGES, ENDLER MARCEL; LAFAYETTE NEVES GELINSKI, JANE MARY; DE OLIVEIRA SOUZA, VANESSA CRISTINA; BARBOSA, JR., FERNANDO; BATISTA, BRUNO LEMOS. Monitoring the authenticity of organic rice via chemometric analysis of elemental data. Food Research International, v. 77, n. 3, p. 299-309, NOV 2015. Citações Web of Science: 12.
BATISTA, BRUNO LEMOS; NIGAR, MEHER; MESTROT, ADRIEN; ROCHA, BRUNO ALVES; BARBOSA JUNIOR, FERNANDO; PRICE, ADAM H.; RAAB, ANDREA; FELDMANN, JOERG. Identification and quantification of phytochelatins in roots of rice to long-term exposure: evidence of individual role on arsenic accumulation and translocation. Journal of Experimental Botany, v. 65, n. 6, p. 1467-1479, APR 2014. Citações Web of Science: 62.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
BATISTA, Bruno Lemos. Desenvolvimento de métodos rápidos de preparo de amostras para especiação química de arsênio em alimentos por LC-ICP-MS e avaliação das concentrações e do metabolismo em arroz. 2012. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto Ribeirão Preto.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.