Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito dos gliccoorticóides endógenos e da anexina A1 na migração de neutrófilos: envolvimento do eixo SDF-1alfa/CXCR-4 e IL-17/IL-23

Processo: 10/08402-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2010
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2013
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Farmacologia Geral
Pesquisador responsável:Sandra Helena Poliselli Farsky
Beneficiário:Isabel Daufenback Machado
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCF). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Moléculas de adesão celular   Hormônio adrenocorticotrópico   Citometria de fluxo   Inflamação   Medula óssea

Resumo

O tráfego de leucócitos no organismo é ponto fundamental para respostas imunes inatas e adaptativas eficientes. Este processo é complexo, dependente da ação de inúmeras substâncias químicas, além da perfeita interação celular. Dentre a complexidade envolvida no controle do tráfego de neutrófilos entre a medula óssea e o sangue, há evidências da participação da via SDF-1alfa/CXCR-4 e da via das citocinas IL-17, IL-23 e do G-CSF, que regulam a produção e liberação de neutrófilos e do envolvimento das integrinas (CD18 e CD49d) e CD62L. Tem sido mostrado que os glicocorticóides (GC) modulam o tráfego de neutrófilos e que os mecanismos deste controle podem ser distintos dependendo da concentração circulante destes hormônios. Desta forma, este estudo tem como objetivo avaliar a ação dos GC endógenos (GCe) e da anexina-A1 (ANXA1), proteína secretada pela ação dos GC, sobre o eixo SDF-1alfa/CXCR-4 e IL-17/IL23 e a expressão de moléculas de adesão. Serão utilizados camundongos machos, Swiss, Balb/C wild types (WT) ou nocautes (ANXA1-/-). As avaliações serão realizadas em condições basais, na presença de altas concentrações de GCe e na vigência de processo inflamatório, induzidos pela da administração de ACTH e LPS, respectivamente, e na ausência da ação dos GCe pela ação do RU 38486. A quantificação total e diferencial das células da medula e do sangue será feita em câmara de Neubauer e em esfregaço corados por May-Grunwald. As quantificações de CXCR-4, CD62L, CD49 e CD18 em células da medula e da circulação serão quantificadas por citometria de fluxo e as concentrações dos mediadores químicos IL-17, IL-23, G-CSF e SDF-1 alfa serão quantificados por ELISA no perfusato medular e no plasma. É interessante ressaltar que somente recentemente nosso grupo, em colaboração com o Dr. Mauro Perretti do William Harvey Institute of London, e da Dra Sara Rankin, do Imperial College of London, mostrou o papel da ANXA1 no eixo SDF-1alfa/CXCR-4 e, assim, este projeto ampliará o conhecimento dos mecanismos dos GC sobre as vias envolvidas no controle do tráfego neutrofílico.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MACHADO, ISABEL DAUFENBACK; SANTIN, JOSE ROBERTO; DREWES, CARINE CRISTIANE; GIL, CRISTIANE DAMAS; OLIANI, SONIA MARIA; PERRETTI, MAURO; POLISELLI FARSKY, SANDRA HELENA. Alterations in the profile of blood neutrophil membrane receptors caused by in vivo adrenocorticotrophic hormone actions. AMERICAN JOURNAL OF PHYSIOLOGY-ENDOCRINOLOGY AND METABOLISM, v. 307, n. 9, p. E754-E763, NOV 1 2014. Citações Web of Science: 3.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.