Busca avançada
Ano de início
Entree

Ocorrência da resistência fenotípica e genotípica a tetraciclinas em cepas de Aeromonas hydrophila, Escherichia coli e Klebsiella pneumoniae isoladas de fontes clínicas e ambientais

Processo: 10/08695-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2010
Vigência (Término): 31 de agosto de 2014
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Saúde Coletiva - Saúde Pública
Pesquisador responsável:Maria Helena Matte
Beneficiário:Livia Carminato Balsalobre
Instituição-sede: Faculdade de Saúde Pública (FSP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Klebsiella pneumoniae   Vigilância sanitária   Escherichia coli   Aeromonas hydrophila

Resumo

A presença de antibióticos e outros poluentes no ambiente contribuem para a permanência, disseminação e surgimento de genes relacionados à resistência bacteriana. A descoberta destes determinantes genéticos em organismos de comunidades de ambientes naturais aumenta a preocupação sobre o risco que estes reservatórios de resistência podem constituir para a saúde humana e ecológica. O objetivo deste estudo é determinar a ocorrência da resistência fenotípica e genotípica a tetraciclinas em Aeromonas hydrophila, Klebsiella pneumoniae e Escherichia coli provenientes de fontes clínicas e ambientais, visando o monitoramento dessa resistência em ambientes clínicos e ambientais, a fim de elucidar a relação existente na disseminação dos genes de resistência. O presente trabalho propõe a realização da tipagem das cepas por meio de ERIC-PCR, seguida de antibiograma (tetraciclina, doxiciclina e tigeciclina), com a posterior determinação da Concentração Inibitória Mínima por Etest®. Será realizada pesquisa de genes de resistência a tetraciclinas por meio da PCR, incluindo genes codificadores de proteção ribossomal, bomba de efluxo e produção enzimática Além disso pretende-se determinar a capacidade de mobilização e disseminação dos genes contidos nos isolados, fazendo a pesquisa de plasmídios, tranposons e integrons; também determinando seu ambiente genético por meio da hibridização. Este estudo poderá contribuir com informações sobre distribuição e associação de genes de resistência e sua capacidade de mobilização em amostras clínicas e ambientais, sendo úteis na elucidação de questões sobre a origem e disseminação dos genes estudados.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
BALSALOBRE, LIVIA CARMINATO; DROPA, MILENA; MATTE, MARIA HELENA. An overview of antimicrobial resistance and its public health significance. Brazilian Journal of Microbiology, v. 45, n. 1, p. 1-5, 2014. Citações Web of Science: 27.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
LIVIA CARMINATO BALSALOBRE. Resistência a tetraciclinas em isolados clínicos e ambientais de Escherichia coli, Klebsiella pneumoniae e Aeromonas spp.: identificação e mapeamento do ambiente genético de genes tet. 2014. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Saúde Pública São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.