Busca avançada
Ano de início
Entree

Acolhimento e vínculo na assistência de pessoas com diagnóstico de transtornos alimentares

Processo: 10/51030-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2010
Vigência (Término): 31 de agosto de 2013
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Enfermagem - Enfermagem Psiquiátrica
Pesquisador responsável:Luiz Jorge Pedrão
Beneficiário:Tatiane Mitleton Borges Ramos
Instituição-sede: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto (EERP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Acolhimento   Transtornos da alimentação e da ingestão de alimentos

Resumo

O acolhimento é um dispositivo proposto pelas políticas de saúde que almeja a produção de estratégias que possam intervir sobre as demandas dos usuários. Visto o aumento da incidência de casos dos transtornos alimentares e o alto índice de mortalidade, as deficiências apresentadas em serviços que acolhem pacientes anoréxicos e bulímicos devem ser observadas com atenção, particularmente a relação conflituosa que emerge entre profissionais e portadores. O objetivo do presente estudo é refletir sobre os processos de acolhimento e vínculo em um serviço de assistência aos transtornos alimentares através de grupos sociodramáticos, identificando as características, conflitos e dificuldades desses processos, na busca de estratégias e intervenções criativas e eficazes. Para isso, serão realizadas 12 sessões de grupos sociodramáticos com 10 usuários escolhidos segundo critérios específicos, que realizam tratamento em um grupo de assistência a portadores de transtornos alimentares de um hospital geral universitário. O Sociodrama será utilizado como instrumento de coleta de dados e também como referencial teórico de base e para análise. As sessões serão gravadas e utilizar-se-á, também, a observação participante, que será realizada pelo diretor do grupo e pelo ego auxiliar. Os dados, obtidos através das filmagens e do consenso da observação participante, serão apresentados de forma descritiva, onde, através da identificação dos elementos psicodramáticos observados na interação grupal, como os jogos de papéis, a tele, e a conserva cultural, almeja-se trazer idéias, estratégias e intervenções que possam romper com atitudes, pensamentos e idéias cristalizados, e propor formas de agir mais resolutivas e qualificadas para serviços de assistência a portadores de transtornos alimentares. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
RAMOS, Tatiane Mitleton Borges. Acolhimento e Vínculo na assistência de pessoas com diagnóstico de transtornos alimentares. 2013. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto Ribeirão Preto.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.