Busca avançada
Ano de início
Entree

Modelos de especiação espacialmente explícitos: formação de anéis de espécies e o papel do cromossomo sexual no isolamento reprodutivo

Processo: 10/10155-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2010
Vigência (Término): 31 de julho de 2014
Área do conhecimento:Interdisciplinar
Pesquisador responsável:Marcus Aloizio Martinez de Aguiar
Beneficiário:Ayana de Brito Martins
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:09/11032-5 - Dinâmica de populações e métodos semiclássicos, AP.TEM
Assunto(s):Especiação genética   Fluxo gênico   Cromossomos sexuais   Isolamento reprodutivo

Resumo

Por ser afetada por diferentes fatores que interagem de forma não-linear, a especiação é um processo extremamente complexo. Além disso, a escala de tempo em que ocorre dificulta e até impossibilita abordagens experimentais. Esses fatores fazem com que a construção de modelos tenha um papel muito importante nos programas de pesquisa em especiação. Modelos clássicos de especiação consideram que a interrupção do fluxo gênico é um pré-requisito necessário ao surgimento do isolamento reprodutivo e, consequentemente a especiação. Um anel de espécies ocorre quando dois grupos isolados reprodutivamente estão conectados por populações intermediárias. Um dos aspectos interessantes dos anéis de espécies é que eles podem ser úteis para demonstrar que a especiação é possível mesmo na presença de fluxo gênico. Outra questão interessante em especiação é o papel de cromossomos sexuais. Devido a hemizigosidade de um dos sexos, autossomos e cromossomos sexuais devem diferir em relação à especiação em pelo menos quatro aspectos: (1) taxa relativa de evolução, (2) acúmulo não-aleatório de genes, (3) grau de exposição a alelos recessivos em híbridos e (4) taxa de recombinação. Além disso, dados empíricos sugerem que cromossomos sexuais devem ter um papel especial na especiação. Grande parte da teoria evolutiva envolve apenas processos temporais, entretanto muitos dos processos estudados operam em uma dimensão espacial. Modelos orientados ao indivíduo e espacialmente explícitos podem ser usados para investigar como interações locais entre indivíduos podem se manifestar como conseqüências a nível populacional. Neste contexto, o objetivo deste projeto é implementar dois modelos orientados indivíduo e espacialmente explícitos para estudar diferentes aspectos da especiação: formação e estabilidade de anéis de espécies e o papel dos cromossomos sexuais no isolamento reprodutivo.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MARTINS, AYANA DE BRITO; MARTINEZ DE AGUIAR, MARCUS ALOIZIO. Barriers to gene flow and ring species formation. Evolution, v. 71, n. 2, p. 442-448, FEB 2017. Citações Web of Science: 3.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
MARTINS, Ayana de Brito. Especiação por distância e a evolução de espécies em anel. 2014. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Instituto de Biociências São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.