Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise da iluminação natural em edifícios escolares da rede municipal de Bauru (SP)

Processo: 10/15147-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2010
Vigência (Término): 31 de agosto de 2011
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Arquitetura e Urbanismo - Tecnologia de Arquitetura e Urbanismo
Pesquisador responsável:João Roberto Gomes de Faria
Beneficiário:Bruna de Brito Prado
Instituição-sede: Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação (FAAC). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Bauru. Bauru , SP, Brasil
Assunto(s):Iluminação natural   Conforto ambiental   Adequação ambiental   Escolas (arquitetura)

Resumo

Com o desenvolvimento da iluminação elétrica, a história da arquitetura e da iluminação natural sofre uma grande transformação. Na segunda metade do século XX, a iluminação natural passa a servir mais para deleite visual e satisfação das necessidades biológicas do que para iluminação. Nesta época, a energia elétrica era novidade ainda abundante, não havendo preocupação em poupá-la. Atualmente, quando a ótica é a sustentabilidade, a economia de energia é fator presente no dia a dia das pessoas. A iluminação natural é a grande aliada na diminuição dos gastos de energia durante o dia, algo representativo quando bem utilizado em uma gama de projetos. Os edifícios escolares, principalmente públicos, têm o aproveitamento de iluminação natural comprometido devido a implantações inapropriadas que derivam do emprego de projetos-padrão realizados de acordo com o nível de escolaridade. A presente pesquisa visa analisar o impacto que as diferentes implantações de um projeto padrão para escolas municipais de ensino fundamental na cidade de Bauru (SP) causam no aproveitamento e na qualidade da iluminação natural. A análise ocorrerá através de medições "in loco" e simulações computacionais através do programa Desktop Radiance. (AU)