Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação do potencial terapêutico do canabidiol em um modelo murino de inflamação aguda pulmonar induzida por LPS

Processo: 10/16036-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2011
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2011
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Patologia Animal
Pesquisador responsável:João Palermo Neto
Beneficiário:Vinicius Izidio de Almeida
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Neuroimunomodulação   Pneumonia   Imunidade   Canabidiol

Resumo

A evolução dos conhecimentos sobre neuroimunomodulação permite que se conceitue esta área atualmente como aquela que estuda as inter-relações existentes entre o sistema nervoso central (SNC) e o sistema imune (SI). O termo inter-relações foi aqui empregado por saber-se hoje que estas relações são bidirecionais. Neste sentido, as constatações da comunicação entre os dois super-sistemas foram demonstradas de forma pioneira por Selye (1936); ele mostrou que o estresse causava profundas alterações no tamanho do timo, baço e dos linfonodos (modulação SNC para SI). Mais adiante, Wexler, Dolgin e Tryczynski (1957) mostraram ocorrência de uma ativação do eixo Hipotálamo-Pituitaria-Adrenal (HPA) após a administração de endotoxina bacteriana (modulação SI para SNC).O Sistema Endocanabinóide, responsável pela resposta aos canabinóides, vem sendo descrito como capaz de regular uma série de processos fisiológicos, em especial aqueles ligados ao comportamento, à atividade neuro-endócrina e à resposta imune. De fato, analisaram-se muitos aspectos da ação dos canabinóides (endógenos, derivados da Cannabis sativa ou sintéticos) sobre o comportamento (ansiedade e medo) e sobre a modificação da resposta imune inata ou adquirida. No entanto, a leitura dos trabalhos que tem sido publicados sobre este assunto desde a descoberta do sistema endocanabinóide mostra uma tendência a uma visão setorizada das abordagens experimentais que se fazem dos efeitos dessas substâncias, seja no SNC ou no SI.Uma das principais moléculas extraídas da Cannabis sativa, conhecida como canabidiol (CBD), apresenta um imenso potencial terapêutico, seja pelos efeitos que produz no SNC como pelos que desencadeia no SI, especialmente na chamada imunidade inata. Assim, diversos trabalhos tem demonstrado um potencial terapêutico do canabidiol no tratamento de doenças neurodegenerativas (Doença de Parkinson e Alzheimer), esquizofrenia e distúrbios de ansiedade. Ainda, vem sendo demonstrado que o canabidiol apresenta um potente efeito anti-inflamatorio, por diminuir diversos parâmetros da atividade imune inata. Desta forma, levando-se em conta as evidências de ações do CBD tanto no SNC como no SI, pareceu-nos relevante avaliar, dentro de uma perspectiva neuroimune, o potencial efeito terapêutico deste fármaco em um modelo de inflamação aguda pulmonar induzida pela instilação intra-nasal de lipopolissacarideo (LPS).

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.