Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação dos mecanismos efetores mediados por caspase-1 no controle da Infecção por Trypanosoma cruzi

Processo: 10/17187-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2010
Vigência (Término): 31 de outubro de 2011
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Imunologia - Imunologia Celular
Pesquisador responsável:Karina Ramalho Bortoluci
Beneficiário:Bruna Helena Miollo
Instituição-sede: Centro de Terapia Celular e Molecular. Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:08/50958-8 - Interação entre receptores da imunidade inata na ativação de macrófagos e células dendríticas, AP.JP
Assunto(s):Imunidade inata   Caspase 1   Macrófagos   Inflamassomos

Resumo

Um dos grandes desafios da imunidade inata é entender a contribuição relativa dos diferentes tipos de receptores para padrões moleculares na resistência contra patógenos e na ativação da resposta imune específica. Apesar de bem descrito na literatura o papel dos receptores do tipo Toll no controle da infecção por Trypanosoma cruzi, agente causador da Doença de Chagas, não existe nenhum trabalho que relacione o papel dos inflamassomas na infecção por este parasita. Sabe-se que esses receptores, através da ativação de caspase-1, induzem a secreção de IL-1b e IL-18 além de desencadear a morte celular por piroptose, mecanismos que podem estar envolvidos no controle do T. cruzi por macrófagos. Recentemente, nosso grupo demonstrou o envolvimento dos inflamassomas Naip5 e IPAF na ativação da iNOS por uma nova via dependente de caspase-1. Nesse projeto pretendemos avaliar a participação dos mecanismos efetores induzidos por caspase-1 no controle da infecção pelo T. cruzi. Esse modelo foi escolhido diante da consolidada importância da iNOS para o controle dessa infecção e pelo fato de não haver nenhum dado na literatura relacionando os inflamassomas nesse processo.