Busca avançada
Ano de início
Entree

Glucoamilases mutantes termoestáveis do fungo Aspergillus awamori expressas em levedura Saccharomyces Cerevisiae: sequenciamento do gene, produção e purificação da enzima obtida por fermentação submersa

Processo: 07/07930-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2008
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2011
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia - Microbiologia Aplicada
Pesquisador responsável:Roberto da Silva
Beneficiário:Fabiana Carina Pavezzi
Instituição-sede: Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas (IBILCE). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José do Rio Preto. São José do Rio Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Estabilidade térmica   Purificação   Glucana 1,4-alfa-glucosidase   Enzimologia   Fermentação

Resumo

A aplicação de enzimas como catalisadores em processos industriais, é hoje uma atividade bem estabelecida. Entretanto, um dos obstáculos que a aplicação desses biocatalisadores ainda enfrenta é a sua fácil desnaturação, quando submetidos à alta temperatura, valores extremos de pH ou a ação de proteases. O aumento da termoestabilidade enzimática poderia permitir que a reação fosse realizada em temperaturas elevadas, que além de contribuir para o aumento das taxas de conversão e solubilização do substrato, poderia ainda reduzir a possibilidade de contaminação microbiana. A glucoamilase é uma enzima de grande importância na produção de xarope de glicose a partir do amido. Neste processo, primeiramente o amido é dextrinizado pela ação da α-amilase bacteriana termoestável em temperatura próximas de 100°C, em seguida é sacarificado pela glucoamilase fungica em temperatura próxima a 55°C. Melhorar a termoestabilidade desta enzima seria fundamental para agilizar o processo e reduzir custos operacionais. Este tem sido o foco de muitas pesquisas nos últimos anos. Em estudo anterior foram produzidas, por meio de PCR mutagênico, glucoamilases mutantes de Aspergillus awamori expressas em Saccharomyces cerevisiae com uma elevada termoestabilidade. O presente projeto propõe a purificação das enzimas mutantes termoestáveis, bem como a caracterização bioquímica, físico-química e termodinâmicas das enzimas purificadas. Além disso, será feito o sequenciamento do gene das glucoamilases mutantes a fim de identificar a mutação responsável pelo aumento da termoestabilidade.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
PAVEZZI, FABIANA CARINA; JACOMASSI CARNEIRO, ANDREIA A.; BOCCHINI-MARTINS, DANIELA ALONSO; ALVES-PRADO, HELOIZA FERREIRA; FERREIRA, HENRIQUE; MARTINS, PAULA M.; GOMES, ELENI; DA SILVA, ROBERTO. Influence of Different Substrates on the Production of a Mutant Thermostable Glucoamylase in Submerged Fermentation. Applied Biochemistry and Biotechnology, v. 163, n. 1, p. 14-24, JAN 2011. Citações Web of Science: 8.
FABIANA CARINA PAVEZZI; ELENI GOMES; ROBERTO DA SILVA. Production and characterization of glucoamylase from fungus Aspergillus awamori expressed in yeast Saccharomyces cerevisiae using different carbon sources. Brazilian Journal of Microbiology, v. 39, n. 1, p. 108-114, Mar. 2008.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
PAVEZZI, Fabiana Carina. Glucoamilases mutantes termoestáveis do fungo Aspergillus awamori expressas em levedura Saccharomyces cerevisiae: Sequenciamento do gene, produção e purificação das enzimas obtidas por fermentação submersa. 2011. 92 f. Tese de Doutorado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Instituto de Biociências (Campus de Rio Claro). Rio Claro.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.