Busca avançada
Ano de início
Entree

Uso de metotrexato associado a nanoparticula rica em colesterol (lde) para tratamento da aterosclerose.

Processo: 06/53123-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de maio de 2007
Vigência (Término): 30 de abril de 2010
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Farmacologia Geral
Pesquisador responsável:Raul Cavalcante Maranhao
Beneficiário:Adriana Bulgarelli
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCF). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Metotrexato   Nanopartículas   Mediadores da inflamação   Aterosclerose

Resumo

O Metotrexato (MTX) é um fármaco de vasta aplicação clínica, é utilizado como antiproliferatívo ou antiinflamatório principalmente no tratamento do câncer, artrite reumatóide e psoríase. O MTX reduz o risco de doença cardiovascular em pacientes acometidos por psoríase e artrite reumatóide. Apesar dessa evidência, não há relatos na literatura da utilização de MTX para o tratamento da aterosclerose. Em estudos anteriores, foi desenvolvida em nosso laboratório uma nanoemulsão rica em colesterol, denominada LDE, a qual é reconhecida petos receptores da lipoproteína de baixa densidade (LDL) após injeção na corrente sangüínea. A LDE concentra-se em células com superexpressão de receptor de LDL, como é observado em neoplasias e outros processos proliferativos. Dessa maneira, a nanopartícula pode ser utilizada como veículo para o direcionamento de fármacos contra essas células. Recentemente, a molécula de MTX foi latenciada e a modificação do fármaco aumentou a sua incorporação à LDE. A associação LDE-MTX modificado teve um excelente rendimento e o complexo era estável. Em estudos prévios, foi observado que a LDE injetada endovenosamente apresenta concentração apreciável na artéria e na lesão aterosclerótica. A proposta desse estudo é utilizar LDE-MTX modificado para o tratamento da aterosclerose induzida em coelhos além de investigar o efeito desse complexo na expressão de mediadores de inflamação no processo da aterogênese para melhor entendimento de seu papel terapêutico. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)