Busca avançada
Ano de início
Entree

Uma Arquitetura outra: o processo de ruptura entre forma e função

Processo: 07/56344-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de maio de 2008
Vigência (Término): 30 de abril de 2011
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Arquitetura e Urbanismo - Fundamentos de Arquitetura e Urbanismo
Pesquisador responsável:Leandro Silva Medrano
Beneficiário:Patrícia Pereira Martins
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia Civil, Arquitetura e Urbanismo (FEC). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Teoria da arquitetura   Arquitetura moderna

Resumo

Esta tese de doutorado analisa a relação entre os elementos arquitetônicos forma e função a partir das teorias e obras dos arquitetos críticos do Movimento Moderno, dos anos 1960 ao início do século XXI. A análise de teorias como as de Aldo Rossi, Robert Venturi, Bernard Tschumi e Peter Eisenman, entre outros, revela como a relação estabelecida pela equação "a forma segue a função" vai pontualmente sendo questionada, na medida em que se faz necessário aproximar a arquitetura da realidade cotidiana a fim de reconquistar o poder do arquiteto de construir a cidade atual. Com a discussão das teorias e obras de Rem Koolhaas o trabalho mostra como a mudança na relação entre forma e função é especialmente importante como propiciadora do fenômeno metropolitano, pressupondo mudanças metodológicas onde a forma atua como um envelope responsável pela interface entre usuário e cidade e a função atua como um programa de alta complexidade, recolocando a arquitetura no centro da cultura metropolitana. Além da análise de metodologias de projeto que pressupõem a ruptura entre forma e função, a tese discute possibilidades de engajamento entre arquitetura e realidade como referência para novos processos de projeto e metodologias de ensino. É também proposto um paralelo entre a discussão teórica e o cenário brasileiro, por meio de exemplos da arquitetura paulista, completando um panorama atual com o objetivo de melhor compreender as mudanças metodológicas atuais. (AU)