Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo Integrado da Camada de Basalto na Bacia do Paraná (Bebedouro, SP), com Funções do Receptor e Sondagens Geofísicas

Processo: 09/06626-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2009
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2011
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Geofísica
Pesquisador responsável:Marcelo Sousa de Assumpção
Beneficiário:Fabio Luiz Dias
Instituição-sede: Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas (IAG). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Prospecção sísmica   Sismologia   Bacia do Paraná

Resumo

Estudos da estrutura sedimentar da Bacia do Paraná têm sido feitos em Bebedouro, SP, com funções do receptor e diversos tipos de sondagens geofísicas (TDEM, sísmica rasa, MT). Funções do Receptor (FR) são séries temporais, geradas a partir de sismogramas de três componentes de sismos distantes, que mostram a resposta da estrutura geológica abaixo de uma estação sismográfica. Para diminuir a não unicidade na inversão do traço de uma FR, é necessário usar outros dados geofísicos como vínculos parciais aos modelos da estrutura. Em Bebedouro, estudos preliminares em cinco estações sismográficas mostram que a camada de basalto tem uma espessura entre 400 e 600 m, sob uma camada superficial de arenito de 50 a 100m. Neste projeto, pretende-se ampliar o estudo de FR para outras estações e realizar um estudo integrado dos modelos possíveis para a estrutura sedimentar levando-se em conta os resultados da sísmica de refração, TDEM e MT, além de dados de dispersão de ondas de superfície de sismos locais. Variações nas propriedades da camada de basalto podem ter relação com as causas da sismicidade local.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa: