Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da exposição ao propionato de testosterona em ratas fêmeas in útero e lactação: um estudo dose-resposta

Processo: 10/08715-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2010
Vigência (Término): 30 de novembro de 2011
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Morfologia - Embriologia
Pesquisador responsável:Wilma de Grava Kempinas
Beneficiário:Raquel Frenedoso da Silva
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IBB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Toxicologia   Propionato de testosterona

Resumo

Sabe-se que a exposição a substâncias presentes no ambiente pode contribuir para vários distúrbios reprodutivos, especialmente se esta exposição ocorrer em períodos críticos de desenvolvimento (como período intra-uterino e pós-natal). O sistema reprodutor feminino pode ser alvo de andrógenos, tanto como resultado da exposição a químicos ambientais, quanto por condições patológicas (como síndrome do ovário policístico ou hiperplasia congênita da adrenal). Usualmente, pouca atenção é desprendida em relação ao estudo de efeitos androgênicos no eixo reprodutivo feminino. Deste modo, se justifica a realização deste estudo, que tem por objetivo avaliar os efeitos da exposição a andrógenos sobre o desenvolvimento, estrutura e a função reprodutiva feminina de ratos. Para tanto, serão avaliados parâmetros reprodutivos tais como medida da distância ano-genital, contagem de aréolas/mamilos, idade de abertura vaginal e primeiro estro (indicativos de instalação da puberdade), peso e avaliação histológica dos órgãos reprodutores (útero e ovários), dosagens hormonais, regularidade do ciclo estral, comportamento sexual e fertilidade. Tais análises são importantes na compreensão dos efeitos da exposição de andrógenos sobre o sistema genital feminino, principalmente sobre o potencial fértil, e em processos que possam envolver alterações morfofuncionais. As metas a serem atingidas compreendem a atualização de conhecimentos da candidata à bolsa, a geração e divulgação de conhecimentos específicos dos efeitos reprodutivos da exposição de fêmeas a andrógenos e a oportunidade de formação de pessoal qualificado na linha de Biologia e Toxicologia da Reprodução.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
GUERRA, MARINA T.; SILVA, RAQUEL F.; LUCHIARI, HELOISE R.; SANABRIA, MARCIANA; KEMPINAS, WILMA DE GRAVA. Perinatal Androgenic Exposure and Reproductive Health Effects Female Rat Offspring. JOURNAL OF TOXICOLOGY AND ENVIRONMENTAL HEALTH-PART A-CURRENT ISSUES, v. 77, n. 7, SI, p. 375-389, APR 3 2014. Citações Web of Science: 4.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.