Busca avançada
Ano de início
Entree

Resposta da mirmecofauna a diferentes níveis de perturbação ambiental em um fragmento de Mata Atlântica (Parque Estadual do Xixová-Japuí), com base na análise de variáveis morfológicas, ambientais e de recursos.

Processo: 10/17051-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2010
Vigência (Término): 30 de junho de 2012
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia de Ecossistemas
Pesquisador responsável:Carlos Roberto Ferreira Brandão
Beneficiário:Rodolfo da Silva Probst
Instituição-sede: Museu de Zoologia (MZ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Mata Atlântica   Diversidade funcional

Resumo

Certos grupos taxonômicos são considerados melhores bioindicadores que outros pela sua capacidade de predizer de maneira mais efetiva o grau de perturbação ambiental, pela dinâmica da resposta de suas comunidades às perturbações ocorridas em seus hábitats. O papel de destaque que as formigas (Formicidae) têm neste contexto em ecossistemas tropicais é resultante, principalmente, das relações ecológicas desempenhadas por estes organismos - desde a manutenção de redes tróficas à regulação de abundância e comunidades de outros organismos. Como desempenham papel fundamental no acompanhamento da recuperação de áreas degradadas, o estudo da plasticidade ecológica da mirmecofauna se faz essencial à estruturação do plano de manejo de unidades de conservação que sofram pressão antrópica, caso do Parque Estadual do Xixová-Japuí, de modo a inferir regiões mais sensíveis à ocupação por parte das formigas e, consequentemente, estabelecer um gradiente de recuperação ambiental. No presente estudo, a forma escolhida para analisar a resposta da mirmecofauna a diferentes níveis de perturbação será por meio da coleta com armadilhas do tipo pitfall e de serrapilheira, para posterior extração no aparelho de Winkler; e da coleta de variáveis ambientais dos pontos de coleta das áreas escolhidas. Após isso, análises estatísticas serão realizadas de modo a verificar a influência das variáveis medidas na morfologia, riqueza e composição das comunidades e a relação entre recursos-ambiente.