Busca avançada
Ano de início
Entree

Relação entre a estrutura de fotossensibilizadores fenotiazínicos e o dano em membranas modelo

Processo: 10/15611-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2010
Vigência (Término): 30 de novembro de 2012
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Biofísica - Radiologia e Fotobiologia
Pesquisador responsável:Mauricio da Silva Baptista
Beneficiário:Isabel de Oliveira Lima Bacellar
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:05/51598-7 - Terapia fotodinâmica: aspectos físicos, bioquímicos e clínicos, AP.TEM
Assunto(s):Lipossomos   Oxigênio singleto   Terapia fotodinâmica

Resumo

A popularização da terapia fotodinâmica (PDT), que tem como base o fenômeno de fotossensibilização, ainda encontra grandes obstáculos em razão do alto custo dos fotossensibilizadores atualmente disponíveis no mercado e do desconhecimento dos mecanismos envolvidos. O presente projeto pretende estabelecer relações entre a estrutura e a atividade fotodinâmica de alguns compostos fenotiazínicos (azul de metileno, azul de toluidina, 1,9-dimetil-azul de metileno e azul de metileno hidrofóbico), considerados potenciais candidatos para aplicação em PDT. As investigações serão realizadas em sistemas biomiméticos constituídos por lipossomos uni e multilamelares de diferentes composições lipídicas, uma vez que a destruição da membrana plasmática é considerada etapa de fundamental importância para a morte celular causada por espécies reativas fotoinduzidas. Buscaremos identificar as características moleculares dos fotossensibilizadores que aumentam a velocidade e quantidade de dano nas membranas modelos.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.