Busca avançada
Ano de início
Entree

Identificação de componentes proteicos com atividade antimicrobiana em glândulas metapleurais de Atta Sexdens rubropilosa Forel, 1908 (Hymenoptera:Formicidae)

Processo: 10/15688-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2010
Vigência (Término): 31 de julho de 2011
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Biologia Molecular
Pesquisador responsável:Fábio Siviero
Beneficiário:Bruno Silvestre Lira
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Peptídeos catiônicos antimicrobianos

Resumo

As formigas cortadeiras são himenópteras pertencentes à tribo Attini nativas doNovo Mundo, consistem de insetos sociais extremamente organizados que utilizam as folhase ramos que cortam como forragem para o cultivo de um fungo (Leucoagaricusgongylophorus) o qual é seu verdadeiro alimento, o ambiente subterrâneo dos ninhosoferece as mais diversas ameaças infecciosas às formigas, desde bactérias e fungos anematóides parasitas, no entanto o que se observa é que as formigas mantêm o ambiente ea si mesmas em condições bastante assépticas. O que deve exigir o uso de diferentesestratégias de defesa contra infecções, tornando estas espécies interessantes modelos paraa procura de compostos antimicrobianos.Este projeto visa Identificar possíveis peptídeos e/ou proteínas com atividadeantimicrobiana em glândulas metapleurais de Atta sexdens rubropilosa (saúva-limão) atravésda análise por eletroforese bidimensional da fração protéica destes tecidos e de suassecreções em indivíduos controle e imunologicamente desafiados. As proteínas identificadascomo diferencialmente expressas nos indivíduos desafiados serão processadas para análisepor espectrometria de massa.Outra abordagem será o seqüenciamento de bibliotecas subtrativas de cDNAsdeste tecido. Estas bibliotecas são produzidas de forma a serem enriquecidas commensagens expressas apenas nos indivíduos imunologicamente desafiados, o quepossivelmente nos permitirá a identificação de mensageiros de proteínas com atividadeantimicrobiana ou de proteínas relacionadas.