Busca avançada
Ano de início
Entree

Novos estudos de síntese, caracterização e aplicações farmacológicas de complexos metálicos de platina(II) e paládio(II) com S-metil-L-cisteína

Processo: 10/17227-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2011
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2011
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Inorgânica
Pesquisador responsável:Pedro Paulo Corbi
Beneficiário:Andressa Costa Barbosa
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:06/55367-2 - Complexos metálicos de platina (II), platina (IV), paládio (II), ouro (I) e ouro (III) com aminoácidos e derivados: síntese, caracterização e aplicações farmacológicas, AP.JP
Assunto(s):Antibacterianos   Compostos de coordenação   Química bioinorgânica   Síntese inorgânica

Resumo

Complexos metálicos são amplamente utilizados na medicina nos dias de hoje. O ouro(I), a prata(I) e a platina(II) são alguns dos íons metálicos utilizados na síntese de complexos com potenciais aplicações medicinais. Complexos de ouro(I) são usados no tratamento da artrite, complexos de prata(I), como a sulfadiazina de prata, são utilizados como agentes antibacterianos e complexos de platina, como a cisplatina, são utilizados no tratamento do câncer. Porém, problemas surgem em conjunto com as novas pesquisas: os efeitos colaterais, como distúrbios renais e neurológicos, o alto custo e a baixa solubilidade destes compostos, além do desenvolvimento de resistência aos medicamentos atuais, sobretudo no caso dos agentes antibacterianos. Este projeto tem como finalidade a preparação, caracterização e o estudo das propriedades antimicrobianas de complexos de Pd(II) e Pt(II) com a S-metil-L-cisteína. Os compostos obtidos serão avaliados por uma série de análises químicas e espectroscópicas e testes para avaliar suas atividades antimicrobianas através do método de difusão em disco (antibiogramas). Os resultados obtidos serão comparados com antibióticos comerciais, bem como com outros complexos metálicos utilizados para este fim. (AU)