Busca avançada
Ano de início
Entree

Descrição de comunidades que abordam o tema "maconha" em uma rede virtual de relacionamento

Processo: 10/16527-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2010
Vigência (Término): 30 de novembro de 2011
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Enfermagem - Enfermagem Psiquiátrica
Pesquisador responsável:Clarissa Mendonca Corradi Webster
Beneficiário:Mirela Barbalho Benedicto
Instituição-sede: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto (EERP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Cannabis   Adolescentes   Internet

Resumo

O início do consumo de substâncias psicoativas geralmente ocorre na juventude e dentre estas, a substância ilícita mais utilizada é a maconha. Atualmente, diferentes atores sociais vêm se posicionando quanto ao consumo de maconha, tanto apontando danos que podem decorrer deste consumo, quanto questionando a legislação que regulamenta este. As redes virtuais de relacionamento vêm demonstrando ser importantes espaços de interação entre os jovens, possibilitando que troquem experiências e formem opiniões. Dentre estas, no Brasil, o Orkut é a mais utilizada, oferecendo espaço para a criação e participação em comunidades. Estas comunidades vêm sendo muito utilizadas para discutirem temas relacionados ao consumo de drogas, dentre elas a maconha. Considerando que o público jovem representa a maioria dos usuários do Orkut, este se torna um espaço importante para conhecermos como este tema vem sendo discutido por este grupo. Sendo assim, o objetivo deste estudo é descrever as comunidades de uma rede virtual de relacionamentos que discutem temas relacionados à maconha, mais especificamente identificar as comunidades que abordam a temática; descrever o perfil destas; e caracterizá-las quanto ao posicionamento sobre o consumo desta substância. Estudo quantitativo, descritivo, de corte transversal. Serão analisadas as comunidades virtuais da rede de relacionamento Orkut que discutem temas relacionados à maconha. Para a coleta de dados, será utilizada uma ficha para registro de informações sobre a descrição da comunidade, posicionamento em relação ao consumo de maconha e às mudanças na legislação, características da moderação, número de membros e perfil destas. Os dados serão organizados em uma planilha do Excel e depois exportados para o programa estatístico EpiInfo versão 3.5.1 onde será realizada análise estatística descritiva. Com este estudo, pretende-se conhecer como esta discussão vem sendo conduzida entre os jovens e com isto, desenvolver abordagens que se aproximem dos repertórios utilizados por esta população, auxiliando-os a refletirem sobre o consumo desta substância e a tomarem decisões conscientes. Palavras-chave: cannabis; internet; adolescente