Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo da ação das nanopartículas magnéticas de ferro no câncer oral

Processo: 10/14001-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2011
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2013
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Humana e Médica
Pesquisador responsável:Paula Rahal
Beneficiário:Natalia Maria Candido
Instituição-sede: Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas (IBILCE). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José do Rio Preto. São José do Rio Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Hipertermia   Genética do câncer   Citotoxicidade   Neoplasias

Resumo

A nanoterapia aplicada ao tratamento do câncer vem evoluindo rapidamente e estão sendo implementadas novas técnicas a fim de resolver limitações das estratégias terapêuticas convencionais. Tais nanocompostos têm demonstrado vantagens sobre outros carreadores devido à sua estrutura em nanoescala com propriedades singulares, sendo revestidas ou não por polímeros e incluindo diferentes estruturas nanométricas como os óxidos de ferro. Suas aplicações se estendem desde a entrega de medicamentos até procedimentos envolvendo hipertermia. Entretanto, seu uso pode ser limitado por acarretar alterações na morfologia celular, função mitocondrial, permeabilidade da membrana plasmática ou desencadeando o processo de apoptose. O objetivo do presente trabalho é investigar a citotoxicidade das nanopartículas magnéticas de ferro em linhagens celulares de câncer oral, seus efeitos sobre os componentes do meio celular e sua ação in vivo. Para assegurar a biocompatibilidade, a interação destas nanoestruturas com as diferentes linhagens será investigada por meio da espectroscopia de UV, ensaio MTT, ensaio de apoptose e microscopias óptica e eletrônica. Além disso, será empregada experimentação animal utilizando hamsters Sírio para avaliar o perfil terapêutico das nanopartículas revestidas com PVA quando combinadas à hipertermia. Dessa forma, o estudo abordará o potencial terapêutico destes nanocompostos com testes in vitro e in vivo, visando a melhoria das abordagens biomédicas atuais e o entendimento dos mecanismos celulares e sistêmicos de toxicidade destas magnetitas recém sintetizadas e potencialmente comerciais.

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
CANDIDO, Natalia Maria. Estudo da ação de nanopartículas magnéticas de ferro no câncer oral. 2013. 112 f. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Instituto de Biociencias, Letras e Ciencias Exatas..

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.