Busca avançada
Ano de início
Entree

Identificação e análise estrutural e funcional de genes candidatos do cromossomo 4 de Ratos SHR que possam influenciar a hipertensão arterial

Processo: 10/12871-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2011
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2013
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Molecular e de Microorganismos
Pesquisador responsável:José Eduardo Krieger
Beneficiário:Samantha Kuwada Teixeira
Instituição-sede: Instituto do Coração Professor Euryclides de Jesus Zerbini (INCOR). Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (HCFMUSP). Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Estudos de associação genética   Animais congênicos

Resumo

A Hipertensão Arterial é uma doença complexa que apresenta causas tanto genéticas como ambientais. Acredita-se que a contribuição genética na pressão sanguínea, tanto em humanos como em ratos, é de 30 a 50 %. Recentemente, em nosso laboratório, foram identificadas 5 regiões cromossômicas associadas a elevação da pressão arterial sanguínea nos animais SHR após sobrecarga salina (2 no cromossomo 2, 1 no cromossomo 4,1 no cromossomo 8 e 1 no cromossomo 16). A partir disso, desenvolvemos 4 linhagens de animais congênicos que contém o background genético do SHR exceto pela região transferida do BN. Aquela referente ao cromossomo 4 apresentou uma significante diminuição na pressão arterial basal quando comparado com o animal SHR sem perder sua sensibilidade ao sal, mas o número de genes candidatos no intervalo ainda é bastante numeroso, 464. Primeiro, utilizando hibridização in sílico foram identificados aqueles que são expressos no rim e depois foram selecionados como genes candidatos aqueles que apresentaram diferença de expressão gênica (congênico vs. SHR) usando uma plataforma de PCR quantitativo desenvolvida no laboratório. 16 dos 89 genes com expressão renal estudados apresentaram diferença significante de expressão quando comparamos amostras de animais adultos, que também apresentam diferença de pressão arterial. Quando investigamos o padrão de expressão em animais onde o nível de pressão era o mesmo, na fase pré-hipertensa, somente 7 dos 16 genes permaneceram diferentemente expressos e, portanto, estes foram considerados "genes candidatos". Paralelamente a este projeto, foi realizado teste de função renal em todos os congênicos obtidos. Foi observado que animais da linhagem congênica SHR.BN4 apresentaram taxa de depuração de lítio aumentada quando comparada com o parental SHR, assim como a fração de excreção de sódio, evidenciando uma alteração no túbulo proximal. Este projeto visa correlacionar os dados obtidos com diferença de expressão no rim total com os dados funcionais por intermédio da analise da diferença de expressão desses genes ao longo dos segmentos do néfron. Os genes que apresentarem resultados significativos serão então analisados estruturalmente e funcionalmente para testar a hipótese de que os genes candidatos identificados no intervalo do cromossomo 4 influenciam a gênese da hipertensão arterial no SHR. Para corroborar estes resultados, sublinhagens serão desenvolvidas com a finalidade de evidenciar uma região fisicamente pequena que apresente os genes estudados e cujo fenótipo do congênico do cromossomo 4 seja mantido.