Busca avançada
Ano de início
Entree

Condição corpórea e hormônios de stress como indicadores do status fisiológico de três espécies de morcego em resposta à fragmentação

Processo: 10/13014-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2011
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2013
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia
Pesquisador responsável:Ariovaldo Pereira da Cruz-Neto
Beneficiário:Lígia Amoroso Galbiati
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Rio Claro , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:08/57687-0 - Effects of global climate change of the Brazilian fauna: a conservation physiology approach, AP.PFPMCG.TEM
Assunto(s):Morcegos   Fragmentação

Resumo

A fragmentação e perda de habitat levam à diminuição da quantidade ou variedade de alimentos e área de vida, deixando populações mais vulneráveis a efeitos ambientais (Lande 1993). Chiroptera é uma das ordens de maior sucesso dentre os mamíferos e participa ativamente de processos ecológicos. Todavia, a despeito de sua alta mobilidade, podem responder de forma negativa à fragmentação, e este efeito pode variar interespecificamente. Assim, determinar a magnitude dos impactos da fragmentação nas populações de morcegos pode ser útil no sentido de detectar a sensibilidade de espécies a esse distúrbio, facilitando propostas de medidas preventivas e de manejo.

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
GALBIATI, Lígia Amoroso. Condição corpórea e hormônios de estresse como indicadores do status fisiológicos de três espécies de morcegos em resposta à fragmentação. 2013. 58 f. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Instituto de Biociências (Campus de Rio Claro)..

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.