Busca avançada
Ano de início
Entree

Ovos fósseis de Crocodyliformes do Cretáceo Superior do Grupo Bauru, regiões de campina Verde-MG e Presidente Prudente-SP

Processo: 10/14797-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2011
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2013
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia - Paleozoologia
Pesquisador responsável:Max Cardoso Langer
Beneficiário:Júlio Cesar de Almeida Marsola
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Paleontologia de vertebrados

Resumo

Este projeto tem por finalidade a descrição de treze ovos fossilizados de Crocodyliformes. O material inclui três associações com quatro ovos em cada, coletados em afloramento da Formação Vale do Rio do Peixe, no município de Campina Verde, Triângulo Mineiro, além de um ovo adicional, proveniente do município de Pirapozinho, na região de Presidente Prudente-SP, em sedimentos da formação homônima. Este trabalho vislumbra a descrição de tais ovos, caracterizando aspectos morfológicos macroscópicos, tais como formato e tamanho, ornamentação e espessura da casca, bem como investigando sua ultra-estrutura, a exemplo das unidades da casca e seus respectivos componentes (grupo de placas basais, camada mamilar e colunar e crateras de absorção de cálcio). Tais análises envolvem a aplicação de técnicas de Microscopia de Luz Polarizada e Microscopia Eletrônica de Varredura para análises ultra-estruturais e Lupa Binocular para as características macroestruturais. Estas técnicas são de fundamental importância para, além da descrição comparativa com base em dados encontrados na literatura, contextualizar tais ovos quanto a parassistemática vigente. Os ovos serão submetidos a testes de Tomografia Computadorizada para a averiguação de indícios de restos embrionários. Propõe-se ainda o estudo de aspectos composicionais da casca dos ovos, em um contexto comparativo com ovos de crocodilianos viventes pela técnica de Espectrometria por Dispersão de Energia. Além disso, serão realizadas inferências tafonômicas iniciais para tais associações dos ovos, baseado em dados de tafonomia experimental encontrados na literatura, assim como nos padrões comportamentais de crocodilianos, tendo como finalidade um melhor entendimento da paleobiologia do grupo.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MARSOLA, JULIO C. DE A.; BATEZELLI, ALESSANDRO; MONTEFELTRO, FELIPE C.; GRELLET-TINNER, GERALD; LANGER, MAX C. Palaeoenvironmental characterization of a crocodilian nesting site from the Late Cretaceous of Brazil and the evolution of crocodyliform nesting strategies. PALAEOGEOGRAPHY PALAEOCLIMATOLOGY PALAEOECOLOGY, v. 457, p. 221-232, SEP 1 2016. Citações Web of Science: 3.
MARSOLA, JULIO C. DE A.; GRELLET-TINNER, GERALD; MONTEFELTRO, FELIPE C.; LANGER, MAX C. The first Pan-Podocnemididae turtle egg from the Presidente Prudente Formation (Late Cretaceous, Bauru Group), Brazil. Zootaxa, v. 3872, n. 2, p. 187-194, OCT 8 2014. Citações Web of Science: 2.
MARSOLA, JULIO CESAR DE A.; GRELLET-TINNER, GERALD; MONTEFELTRO, FELIPE C.; SAYAO, JULIANA M.; HSIOU, ANNIE SCHMALTZ; LANGER, MAX C. The first fossil avian egg from Brazil. ALCHERINGA, v. 38, n. 4, p. 563-567, OCT 2 2014. Citações Web of Science: 5.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
MARSOLA, Júlio Cesar de Almeida. Novos registros de ovos fósseis de vertebrados do Cretáceo Superior do Grupo Bauru. 2013. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto Ribeirão Preto.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.