Busca avançada
Ano de início
Entree

Interação genótipo ambiente sobre características reprodutivas de fêmeas da raça Nelore utilizando normas de reação

Processo: 10/04469-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2011
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2012
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Zootecnia - Genética e Melhoramento dos Animais Domésticos
Pesquisador responsável:Lucia Galvão de Albuquerque
Beneficiário:Fabio Borba Ferrari
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil
Assunto(s):Parâmetros genéticos   Correlação genética   Genética quantitativa

Resumo

A redução da idade ao primeiro parto está diretamente ligada à eficiência e à lucratividade da produção de carne bovina. Além disto, sabe-se que rebanhos com maior precocidade sexual possuem maior disponibilidade de animais, tanto para venda como para seleção, permitindo maior intensidade seletiva e, consequentemente, progressos genéticos mais elevados. Existem diversos aspectos a melhorar nas raças zebuínas e, entre os mais importantes, pode-se está a baixa precocidade reprodutiva. Apesar da sua importância, as características ligadas à precocidade sexual das fêmeas, vêm sendo pouco utilizadas nos programas de melhoramento genético de gado de corte no Brasil, como conseqüência de sua baixa herdabilidade e da dificuldade de medição e interpretação. Com relação às fêmeas, existe dificuldade de se identificar características facilmente mensuráveis que sejam geneticamente relacionadas com a fertilidade. Atualmente, no Brasil, são publicados vários sumários de touros para a raça Nelore, com diversas características de importância econômica, todos incluindo grandes conjuntos de dados de animais distribuídos em diversas regiões do país. Nestas avaliações, a pressuposição comumente assumida é a ausência de interação genótipo-ambiente. Recentemente, modelos de normas de reação estão sendo utilizados para verificar o efeito da interação genótipo-ambiente sobre diferentes características de importância econômica. No modelo de norma de reação, a expressão de um genótipo em diferentes ambientes é descrita como uma função linear de um valor ou gradiente ambiental. Em gado de corte, ainda são escassos os estudos de interação genótipo-ambiente para as características ligadas à precocidade sexual das fêmeas. O objetivo do presente projeto é verificar a ocorrência de interação genótipo- ambiente para características associadas à precocidade sexual, idade ao primeiro parto e dias para o primeiro parto, em fêmeas da raça Nelore utilizando normas de reação. O conjunto de dados contém informações de idade ao primeiro parto e dias para o parto de fêmeas da raça Nelore das propriedades que participam de um grande programa de melhoramento genético com fazendas localizadas em diferentes regiões do Brasil. Serão definidos diferentes grupos ambientais conforme a informação da fazenda de origem dos dados, localização geográfica e climatológica, visando a identificação de fatores que possam auxiliar na identificação de possíveis fatores ambientais causadores de interação genótipo-ambiente. Para a estimação dos parâmetros genéticos será aplicado um modelo touro utilizando analises de regressão aleatória. Para as características estudadas será considerado no modelo como efeitos fixos o de grupo de contemporâneos, a curva fixa da população e, como covariável, e a idade da novilha no inicio da estação de monta (apenas para dias para o parto). O grupo de contemporâneos será formado por animais nascidos as variáveis fazenda, ano, estação de nascimento, grupo de manejo de nascimento, desmama e sobreano e tipo de serviço (monta natural, monta controlada ou inseminação artificial) Como efeito aleatório será considerado o efeito genético aditivo do touro. Os componentes de (co)variâncias e os valores genéticos serão estimados pelo intercepto e o coeficiente da norma de reação de cada touro. Polinômios de Legendre sobre os grupos ambientais serão utilizados para modelar o efeito genético aditivo do touro, além da curva fixa da população. As estimativas dos componentes de (co) variâncias e parâmetros genéticos serão obtidas pelo método da máxima verossimilhança restrita livre de derivada utilizando- se o programa computacional Wombat.

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
FERRARI, Fabio Borba. Interação genótipo ambiente sobre características reprodutivas de fêmeas da raça Nelore. 2012. 62 f. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias. Jaboticabal.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.