Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos em cascata da defaunação no processo de dispersão de sementes: interações primatas - plantas na Mata Atlântica

Processo: 10/16075-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2011
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2013
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia de Ecossistemas
Pesquisador responsável:Mauro Galetti Rodrigues
Beneficiário:Laurence Marianne Vincianne Culot
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Rio Claro, SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:07/03392-6 - Efeitos de um gradiente de defaunação na herbivoria, predação e dispersão de sementes: uma perspectiva na Mata Atlântica, AP.TEM
Assunto(s):Dispersão de sementes   Germinação

Resumo

Combinado com uma alta taxa de desmatamento, a caça na Mata Atlântica brasileira ameaça as populações de animais e plantas. A maioria dos mamíferos caçados é herbívora de médio a grande porte e dispersora ou predadora de sementes. A extinção local dessa fauna cria as chamadas "florestas vazias", com uma vegetação aparentemente intacta, mas com interações planta-animal alteradas. Portanto, os efeitos em cascata sobre a estrutura demográfica e genética das populações vegetais são esperadas, especialmente para espécies com sementes grandes que necessitam de grandes dispersores. Este projeto de pós-doutorado tem como objetivo determinar os efeitos em cascata da defaunação nas interações planta-animal, centrando-se na extinção local de grandes primatas. Vamos determinar o efeito da defaunação sobre a estrutura demográfica e genética de uma espécie de semente grande, Cryptocarya mandioccana (Lauraceae), em um gradiente de defaunação da Mata Atlântica. Especificamente, pretendemos determinar a contribuição qualitativa e quantitativa de cada dispersor de sementes ao sucesso reprodutivo de C. mandioccana através da combinação de dados de comportamento, de experimentos de campo e de fluxo gênico.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.