Busca avançada
Ano de início
Entree

História e Literatura no Oitocentos: um contraponto entre as obras histórico-ficcionais de Alexandre Herculano e Francisco Adolfo de Varnhagen na configuração da escrita da História no século XIX.

Processo: 10/03838-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2011
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2012
Área do conhecimento:Ciências Humanas - História
Pesquisador responsável:Cristina Meneguello
Beneficiário:Michelle Fernanda Tasca
Instituição-sede: Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Romance histórico

Resumo

O projeto de pesquisa propõe um contraponto entre as obras do historiador lusitano Alexandre Herculano e do brasileiro Francisco Adolfo de Varnhagen, no intuito de compreender as relações entre a história e a ficção nos escritos literários do XIX e a forma como a literatura contribuiu para a configuração das construções historiográficas no período oitocentista. As fontes selecionadas inicialmente são os romances históricos e contos de Herculano - a exemplo de Eurico o Presbítero, O Bobo, O Monge de Cister e contos presentes em Lendas e Narrativas - e textos como Crônica do Descobrimento do Brasil de Varnhagen, dentre outros que poderão ser encontrados tanto na Revista do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro como no periódico português O Panorama. A opção específica por esses historiadores advém do interesse que ambos tiveram em utilizar a história como pano de fundo de seus trabalhos literários. Além de produzirem obras com características semelhantes, os autores atuaram concomitantemente nos mesmos jornais, como é o caso do Panorama, dirigido por Herculano e no qual Varnhagen atuou como correspondente por vários anos.. Surge como meta, assim, investigar a relação entre esses escritores e a importância que tiveram na construção e difusão do conhecimento histórico em seus países de origem. Dessa forma a pesquisa se restringe entre os anos de 1838, data da publicação do primeiro conto de Herculano aos moldes histórico-ficcionais: "O Castelo de Faria", até os últimos anos da década de 1850, quando há registros dos últimos textos de Varnhagen com estilo semelhante.

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
TASCA, Michelle Fernanda. A ficção histórica oitocentista : as configurações do histórico e do literário em Varnhagen e Alexandre Herculano. 2012. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Instituto de Filosofia e Ciências Humanas.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.