Busca avançada
Ano de início
Entree

Modelos 3D dos envoltórios das novas RS OPH e V842 Cen a partir de dados espectroscópicos bidimensionais

Processo: 10/17348-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2011
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2012
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Astronomia - Astrofísica Estelar
Pesquisador responsável:Marcos Perez Diaz
Beneficiário:Manoel Carlos Vieira de Moraes Junior
Instituição-sede: Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas (IAG). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Fotoionização   Variáveis cataclísmicas   Espectroscopia

Resumo

Estrelas Novas surgem da ejeção de matéria decorrente de uma detonação termonuclear na superfície de uma anã branca que acreta matéria rica em hidrogênio de sua companheira. O material é ejetado a grandes velocidades e é ionizado pelo remanescente da erupção que irradia principalmente na faixa do ultra-violeta do espectro. A radiação proveniente desses envoltórios pode ser observada como linhas de emissão no optico e infra-vermelho. Um modelo da fotoionização desses envoltórios de novas pode trazer informações sobre a temperatura e luminosidade da fonte central. Além disso, pode fornecer vínculos para os modelos de erupção e de enriquecimento em CNO que ocorre nesses sistemas. Mas os modelos atuais com uma distribuição homogênea de matéria e simetria esférica falham em reproduzir as caracter[ticas do espectro observado. Modelos com envoltório em 3 dimensões exigem vínculos observacionais com resolução espacial a fim de se diminuir a degenerescência das soluções. As observações com a técnica de espectroscopia com resolução espacial, utilizando espectrógrafos de campo integral são ideais para fornecer os vínculos necessários aos modelos 3D. Este projeto propõe a obtenção de modelos tridimensionais para a nova V842 Cen e para a nova recorrente RS Oph. Ambos foram observados em 2010A pelo IFU do telescópio Gemini Sul. Os dados serão tratados através das ferramentas desenvolvidas no trabalho de HR Del (no doutorado) e os resultados serão aplicados aos modelos 3D atavés do código RAINY3D, também já desenvolvido e operacional. Os dados e modelos poderão responder as questões ainda não esclarecidas sobre o fenômeno nova, evolução de binárias e produção de supernovas tipo IA.