Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação do potencial de biossurfactantes de microbiota originada de reservatórios de petróleo para biorremediação

Processo: 10/52247-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2011
Vigência (Término): 30 de setembro de 2014
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Molecular e de Microorganismos
Pesquisador responsável:Valeria Maia Merzel
Beneficiário:Bruna Martins Dellagnezze
Instituição-sede: Centro Pluridisciplinar de Pesquisas Químicas, Biológicas e Agrícolas (CPQBA). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Paulínia , SP, Brasil
Assunto(s):Biossurfactantes   Metagenômica   Biorremediação   Petróleo

Resumo

Muitos estudos relatam a grande diversidade de micro-organismos provenientes de reservatórios de petróleo, incluindo termofílicos, redutores de sulfato, redutores de ferro e manganês, metanogênicos e fermentativos. A capacidade de muitos destes microorganismos para degradação de compostos poluentes, como hidrocarbonetos, organoclorados ou metais pesados, também é mencionada. Diversas atividades do setor petroleiro, tais como exploração, produção, refino e distribuição podem resultar em acidentes com vazamentos de óleo para o meio ambiente, os quais acarretam sérios danos ambientais, sociais e econômicos. Aliado a isto, em função de ineficiência, elevado custo e complexidade operacional dos tratamentos existentes no momento, o uso da biorremediação para remoção de compostos orgânicos resultantes das atividades do setor petroleiro tem atraído bastante atenção nos últimos anos. A atividade de degradação de hidrocarbonetos do petróleo pelos micro-organismos pode, em muitos casos, ser potencializada quando aliada à aplicação de biossurfactantes, uma vez que esses polímeros contribuem para a solubilização do óleo, aumentando as taxas de degradação. O objetivo da presente proposta é avaliar o potencial de biossurfactantes produzidos por linhagens de bactérias e clones fosmidiais de bibliotecas metagenômicas provenientes de reservatórios brasileiros de petróleo, para aplicação em processos de biorremediação em água do mar. Ensaios empregando microcosmos de água do mar contaminados com petróleo bruto em diferentes concentrações e condições serão realizados. A atividade de degradação do petróleo bruto pelos micro-organismos, isoladamente ou em consórcios, será investigada através de análises de CG-EM, possibilitando a seleção de linhagens de bactérias e/ou clones metagenômicos com melhor eficiência. A análise da expressão de genes funcionais de degradação será avaliada através das técnicas de PCR em tempo real e microarrays de DNA. Estudos envolvendo biorremediação são de grande relevância, uma vez que podem resultar em uma alternativa efetiva para a descontaminação de ambientes impactados e contribuir para o desenvolvimento sustentável. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DELLAGNEZZE, B. M.; VASCONCELLOS, S. P.; ANGELIM, A. L.; MELO, V. M. M.; SANTISI, S.; CAPPELLO, S.; OLIVEIRA, V. M. Bioaugmentation strategy employing a microbial consortium immobilized in chitosan beads for oil degradation in mesocosm scale. Marine Pollution Bulletin, v. 107, n. 1, p. 107-117, JUN 15 2016. Citações Web of Science: 12.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.