Busca avançada
Ano de início
Entree

Identificação do significado do trabalho para usuários de serviços de saúde mental inseridos em projetos de geração de renda vinculados ou não ao movimento da economia solidária

Processo: 10/15488-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2011
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2011
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Pesquisador responsável:Isabela Aparecida de Oliveira Lussi
Beneficiário:Giovana Garcia Morato
Instituição-sede: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Saúde mental   Trabalho   Economia solidária   Reabilitação psicossocial

Resumo

Durante vários séculos o doente mental e todos aqueles que de alguma forma transgrediam as normas foram colocados à margem da sociedade por meio de mecanismos de enclausuramento e exclusão em locais como as prisões e as casas de correção. Tais instituições se constituíam em reservatórios de desviantes das normas. Estas instituições segregativas fundamentaram-se na utilização do trabalho forçado como forma de condenação divina ou como meio de reeducação moral. Observa-se que, a despeito das inovações em relação à utilização do trabalho no campo da psiquiatria, esse sempre teve a conotação terapêutica. Contudo, com o movimento de desinstitucionalização italiano surgiu a discussão sobre o direito ao trabalho entendido por rentável, como ferramenta que promove auto-afirmação, gera possibilidade de troca e de rede, diminui o estigma ligado à doença mental e, sobretudo, realizado fora dos muros do manicômio. Dentre os avanços decorrentes do processo da Reforma Psiquiátrica no Brasil, em 2004, foi inaugurada uma parceria entre a Área Técnica de Saúde Mental do Ministério da Saúde e a Secretaria Nacional de Economia Solidária do Ministério do Trabalho e Emprego com o objetivo de fomentar as experiências de geração de renda na área de saúde mental. Considera-se importante reflexões sobre a reinserção laboral e a reconstrução da identidade de trabalhador do doente mental como mecanismos potenciais para a promoção da reinserção social dos mesmos. O presente projeto de pesquisa se propõe a contribuir neste sentido, uma vez que pretende investigar o valor do trabalho para usuários de serviços de saúde mental participantes de projetos de geração de renda vinculados e não vinculados ao movimento da economia solidária.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)